Arquivo da tag: trendy

Tendências nas ruas: Calça Pantacourt

Você já deve tê-la visto nas ruas, a calça pantacourt que nada mais é do que uma pantalona curta, com uma modelagem mais soltinha. Ela invadiu a moda a algumas temporadas atrás e continua fazendo sucesso no streetstyle e hoje é considerada uma das principais tendências de 2018.

A grande dúvida é como usá-la no dia a dia, a peça versátil pode ser feita de diversos materiais como o jeans, alfaiataria ou couro e combinada com muitos sapatos e acessórios – alguns inclusive falam que o segredo da produção está justamente na escolha do sapatos. Mas o mais importante é saber vestir o seu próprio corpo com peças que o valorizem. Então a seguir vamos ver algumas opções de looks:

Essa é uma boa pedida para um look mais formal e elegante, combinar a pantacourt de alfaiataria com blusas mais ajustadas, ou com um corte mais clássico e salto alto.

Entretanto,  podemos criar uma versão mais despojada com a peça confeccionada em jeans e blusas básicas. E como a pantacour é praticamente um coringa, saltos baixos também caem bem na hora de montar a produção, porém para as mulheres mais baixas é interessante apostar em looks monocromáticos ou em sapatos com bicos finos para dar a sensação de uma silhueta mais alongada.

O famoso cropped ou um top curto também compõem um combo belíssimo, brincando com as proporções e pode ser usado em conjunto com o scarpin e sandálias abertas que ajudam a manter a silhueta alongada, ainda mais se o sapato for nude.

Agora se você é fã de conforto, o tênis pode ser uma escolha perfeita, assim como uma regata soltinha na cintura. A dica é colocá-la dentro da calça para que a cintura fique marcada e para que o corpo não fique desproporcional.

As pantacourts de couro em cores neutras são uma opção para aqueles que gostam de produções mais sóbrias. Já aquelas peças com tecidos estampados podem ser usadas pelas fashionistas mais ousadas, lembrando que os maxi colares e maxi brincos podem dar um ar cool a qualquer produção.

Com tantas opções de combinações só falta mesmo, tirar a pantacourt do guarda roupa e sair para as ruas com uma produção que te agrade.

*

Por Karine Holzmann, professora do Núcleo de Criação Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3 e 4

O QUE VOU CALÇAR?

Sabe aquela hora que você recebe um convite inesperado pra uma balada ou um jantar mais intimo com aquela pessoa especial? Então, e justo nessa hora você pensa “Eu não tenho roupa pra usar, muito menos um sapato ou sandália legal” . Depois de fazer aquela produção é hora de pensar em que sapato usar, é nessa parte que vamos te ajudar dando algumas opções, mas antes, que tal saber um pouco da marca de calçados que vamos falar agora, a MELISSA.

A marca de calçados MELISSA , nascida em 1979 sendo introduzida no mercado brasileiro pelos irmãos Alexandre e Pedro Grendene. Através da empresa que leva o mesmo nome, os irmãos resolveram investir em calçados feitos de plástico, depois de algumas tentativas frustradas de lançamento, introduziram a sandália Melissa no mercado brasileiro que teve como seu primeiro modelo o Aranha inspirado nas sandálias Fisherman usadas pelos pescadores da Riviera Francesa, que se revelaram uma ótima inspiração para criar sapatos cheios de estilo, que feitos de plástico tinham seu estilo único e inovador.

O sucesso foi imediato, levando a marca a vender em seu primeiro ano cerca de 25 milhões de unidades, 200 mil em apenas dois meses de lançamento.

A marca cresceu e teve estilistas importantes na criação dos calçados, dando ainda mais prestígio e originalidade á marca, no ano de 1983 grandes estilistas internacionais como Thierry Mugler , Jean Paul Gaultier, Jacqueline Jacobson e Elisabeth Senevile, assinaram o designe das coleções da marca. No mesmo ano esses estilistas desfilaram suas coleções de primavera-verão em São Paulo, que levava nos pés de suas modelos os calçados criados por eles. A partir dai a empresa Grendene reforçou seu produto atuando no mercado com o lançamento de coleções a cada estação, se firmando cada vez mais no mercado da moda.

Anos mais tarde, a marca redescobriu seu estilo, passando a investir em parcerias com grandes e importantes nomes do mercado da moda, como o estilista Alexandre Herchcovitch (um dos brasileiros mais renomados dentro e fora do pais), os designers Fernando e Humberto Campana e o badalado estilista inglês Jude Blame responsável por magníficos editoriais e pelo visual de artistas como Boy George e Bjork .

A marca se tornou a queridinha dos consumidores que buscam originalidade e autenticidade, fora que ninguém resiste a aquele cheirinho que só a melissa tem não é mesmo? Bom, segue algumas imagens de inspiração pra compor aquele look babadeiro pra você arrasar em qualquer ocasião.

*

Por Alan Prates, professor no Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1

Celebre a chegada de 2018 com cara dos anos 2000?

Fashionistas de plantão, estamos praticamente na metade de novembro e 2018 já está batendo nas nossas portas. É hora de renovar nossos planos, arregaçar as mangas, recomeçar e porque não reutilizar aquela velha peça esquecida no guarda-roupa? Especialmente se for algo que você usava em 2000.

Eu vou explicar melhor. No mundo fashion, 2018 entrará com um ar retrô, pois algumas das tendências dos anos 2000 voltaram. Vocês lembram do visual de Britney Spears ( You drive me crazy), Christina Aguilera (Come over on), Beyoncé (Crazy in love feat. Jay-Z), Avril Lavgine (Complicaded) nessa época? Pois é, as calças de cintura baixa, o macacão jeans, os tons metálicos, o salto alto, a frente única, o boné trucker prometem retornar com força total no próximo ano.

Várias marcas como Louis Vuitton, Balenciaga, Pucci comprovam a tendência e entraram nas passarelas com roupas inspiradas em velhos hits como o cropped, as calças baggys e é claro as peças assimétricas. É não pense que é um fato isolado do mundo fashion, podemos reparar mudanças também no campo da música, nas quais artistas como Charlie XCX e Kelela trazem sons com uma “pegada” de 2000.

Então vale parar para pensar, assim como as tendências vão e voltam, não conseguimos dar um reset em nossas vidas e começar do zero, mesmo com o ano novo se aproximando. A verdade é que sempre levamos os aprendizados e as conquistas anteriores para continuarmos indo em frente. É reconfortante pensar que apesar de tantas mudanças e problemas no mundo de hoje, podemos sempre olhar para trás e trazer de volta algo que nos fez bem em determinada época – e se for fashion melhor ainda.

Por Karine Holzmann, professora do Núcleo de Criação Sigbol Fashion

Referências: 1 e 2

Brinquedos na moda? Porque não?

Ecool

Como havíamos comentado aqui no blog a sustentabilidade está na moda e pensando nisso, a marca upcycling “Saturn Babe” resolveu utilizar brinquedos para criar acessórios! Você pode achar até incomum, mas surpresa…ela não está sozinha! Criar acessórios divertidos com brinquedos não é novidade, em maio desse ano a design Juliana Morais da marca “Ecool” entrou literalmente na brincadeira também.

Saturn Babe

O termo de upcycling é basicamente reutilizar a matéria-prima em seu estado original, e é claro que colaboram para o consumo consciente. As marcas Saturn Babe e Eccol ainda procuram trazer um pouco da nostalgia da nossa infância de volta, mexendo com nossas memórias afetivas. As peças acabam se tornando exclusivas pelo fato de serem difíceis de conseguir e garimpadas com amigos, parentes, fábricas, bazares e até mesmo feiras. Utilizam peças de lego, soldadinhos de brinquedo, patinho de borracha, olho de boneca e até personagens icônicos como a Pucca e a Hello kitty. Além de dar um ar “cool” a qualquer tipo de produção e uma ótima maneira de expressar a criatividade e se divertir. Então, aproveite e solte a criança interior!

Saturn babe
Ecool

*

Por Karine Holzmann, professora do Núcleo de Criação Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2 e 3

Tarsila na passarela

Quem achou que se tratava da pintora brasileira Tarsila do Amaral acertou em cheio. Mais uma vez, a arte e a moda se juntam para criar um festival de cores e formas inspirados nas belas obras da artista. Como a obra “Abaporu” um dos ícones do modernismo brasileiro.

Dessa vez, os quadros transformam-se em peças fluidas e acessórios da coleção capsula da Osklen.O empresário e artista Oskar Metsavaht brinca ainda com o formato e as cores de uma tela em branco, surpreendendo pela escolha e dando assim um ar minimalista a coleção.

A coleção é um desdobramento de uma mostra que terá como tema a artista em fevereiro de 2018. A exposição intitulada como “Tarsila do Amaral: Inventando a Arte moderna no Brasil” começara em Chicago onde permanecerá de outubro 2017 até janeiro antes de ir para o MoMA em Nova York.

Lembrando que é uma grande oportunidade para o cenário brasileiro das artes já que é a primeira exposição na América do Norte dedicada totalmente a artista que era uma mulher muito à frente do seu tempo e foi uma das principais figuras da arte moderna do Brasil, tendo contato diretamente com grandes artistas como Pablo Picasso e Fernand Léger.

*

Por Karine Holzmann, professora do Núcleo de Criação Sigbol Fashion

Referências: 1, 2 e