Arquivo da tag: tecidos

Modelista e seus desafios

O modelista é o profissional que transmite para o papel ou para o sistema CAD os conceitos e as criações do estilista. Responsável pela elaboração do molde que servirá de base para a produção da primeira peça em determinado tecido. Após aprovado, é possível dar sequência à fabricação em grande escala para a produção.

Resultado de imagem para fashion designer gifs

Atualmente, grande parte da modelagem é desenvolvida e processada virtualmente, embora algumas nuances ainda requeiram a intervenção manual. Sendo assim, o modelista atua em duas esferas: na modelagem plana bidimensional e na modelagem tridimensional ou moulage.

Com a evolução da tecnologia, a profissão do modelista vem passando por grandes desafios diante da grande quantidade e variações de tecidos pela indústria têxtil. Isso requer dos profissionais de modelagem grande conhecimento do assunto, pois cada tecido reage de uma forma de acordo com os beneficiamentos e acabamentos.Resultado de imagem para fashion design gifs

O profissional desta área precisa estar atento a novidades e  buscar conhecimentos constantes para se atualizar no mercado de trabalho, pois é o responsável pela engenharia da modelagem.Resultado de imagem para fashion design gifs

Na Sigbol Fashion, você pode optar por aprender a modelagem em módulos ou em larga escala. Saiba mais em nosso site.

*

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6.

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Como cortar e costurar tecidos listrados e xadrez?

Você provavelmente já notou na costura na lateral de uma peça listrada ou xadrez. Ela pode ser ou não agradável aos olhos, tudo depende da sintonia. Mas por que isso ocorre?

Para entendermos melhor, vamos começar por cada etapa da montagem da peça. A primeira é a modelagem, onde o modelista receberá o layout da peça, desenvolverá a modelagem e determinará o sentido do fio em cada uma das partes, o que interferirá diretamente na direção das listras (vertical, horizontal, ou viés). Caberá a ele modelista indicar o ponto exato de encontro das listas em cada uma das partes da peça.

A mesma coisa acontece com diversas padronagens, xadrez, pied de poule, etc… é por isso que é necessário sempre estar atento ao encaixe e a costura da peça. Esse detalhe pode agregar um grande valor a peça.

Em nosso curso de Especialização em Costura sob medida, você aprende a desenvolver esse processo. Conheça nosso curso:

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Thais Marins Beloso

Tecidos Orgânicos

Imagem 1

A cada ano nos preocupamos mais em saber qual a origem de tudo o que consumimos e qual o impacto que este produto causa à natureza, logo notamos uma busca crescente no consumo de produtos orgânicos. Esse reflexo é notado também no mundo da moda, afinal, infelizmente não podemos esquecer que este é um dos setores mais poluentes que existe na terra. Além de utilizarem uma infinidade de produtos químicos na produção têxtil, o consumo é exageradamente acelerado.

Imagem 2

Tecidos orgânicos são tecidos saudáveis, em sua maior parte eles são antialérgicos e isso oferece mais comodidade e segurança aos consumidores.

Imagem 3

Os fios orgânicos não contêm agrotóxicos nem pesticidas em sua produção, sendo assim não comprometem o solo, a água e o ar, logo os animais e produtores também não são afetados.

Além dessas vantagens os tecidos orgânicos consomem de 30% a 50% menos energia em sua produção e irão ter uma durabilidade maior por não conter produtos corrosivos e isso acaba resultando num desaceleramento no consumo, como as peças duram mais a loucura de comprar e comprar acaba estagnando.

Imagem 4

Dentre os tecidos orgânicos o mais popular é o algodão, a lã, a seda e o cânhamo.

Imagem 5

Entre as desvantagens temos o custo destes produtos que são mais caros, porque a produção é mais baixa, e leva maior tempo para sua finalização e o aspecto do produto é mais irregular, principalmente em sua cor e tamanho e tudo isso implica na produção final.

imagem 6 imagem 7

Muito importante também é salientar que os tecidos orgânicos devem cumprir a regulamentação estipulada pela Associação de Comércio de Orgânicos, é importante verificar se o tecido contém a etiqueta da associação para ter certeza da originalidade do produto.

*

Por Nayara Diniz, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 23456 e 7.

A origem da seda

Pra quem não sabe, a seda é uma fibra natural de origem animal usada na indústria têxtil. E é obtida através do casulo do bicho-da-seda, onde o inseto ejeta o fio junto a uma cola chamada sericina. Ela é utilizada para se produzir tecidos leves, cintilantes e macios e pode ser usada  para diversos tipos de modelagem da roupa, como camisas, vestidos, blusas, gravatas, lingeries, etc.

bichinho da seda

Existem muitas lendas sobre a seda, uma delas é que foi descoberta por uma rainha chinesa. Quando a mesma tomava seu chá debaixo de uma amoreira, então um cásulo caiu dentro de sua xícara de chá fervente e soltou um fio.  Sendo assim, a imperatriz chinesa Hsi Ling Shi é venerada como deusa da seda, pois teria inventado o tear utilizado na produção do tecido.

china seda

A indústria da seda existe na China há mais de 5 mil anos e foi mantida em segredo durante muito tempo. Segundo a história, os ovos do bicho-da-seda foram levados para a Europa no início da era cristã, por dois monges. Através dos anos, os sericicultores selecionaram as melhores espécies do inseto. A seda era considerada a mais valiosa mercadoria da China e gerou a famosa rota da Seda, a mais importante rota comercial da época.

seda india

Sendo assim, foi comercializada em diversos continentes. No Império Romano, o tecido era muito apreciado valendo o seu peso em ouro. Na Índia, a seda também é bastante utilizada na confecção de sarees.

seda

Atualmente, apesar de sua produção ser maior, devido ao grande número de maquinários e novas tecnologias, o seu valor ainda é bastante superior, pois se trata de um tecido nobre. Os métodos tradicionais de colheita de seda implicam na morte dos bichinhos, apesar de terem pouco tempo de vida, pois assim a fibra é preservada. Mas hoje existem processos alternativos que preservam os bichinhos, a chamada SEDA DA PAZ.

SEDINHAAA

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 30, 31, 32.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion

Você sabe como os tecidos são feitos?

1

Para saber como os tecidos são feitos, em primeiro lugar é necessário saber o que é fibra têxtil.

Fibra é o material que pode ser transformado em fio, seja ele natural ou sintético, feito por meio de maquinários. Conforme esse material é torcido, ele vai sendo armazenado em bobinas, que depois serão colocadas em um tear que irá entrelaçar os fios e os transformar em tecidos. Ainda existem alguns teares manuais, mas são raros. As grandes fábricas preferem equipamentos modernos e controlados por computador.

2

O tecido na verdade não é branquinho de princípio, ele não tem uma cor definida e ainda possui diversas impurezas, como sementes e outros pequenos detritos. Eles precisam ser lavados e completamente descoloridos, submetidos a banhos com uma variedade de produtos que removem componentes naturais das fibras, como óleos e ceras. Só depois disso é que eles ficam prontos para serem tingidos com produtos químicos e enviados aos fabricantes de roupas e produtos têxteis, a não ser que os produtores desejem trabalhar apenas com tecidos totalmente brancos.

3

A partir daí, os tecidos chegam até as nossas casas em forma de lençol, cortina, tapete, toalhas e principalmente: Roupas. E apesar das cores e os padrões de todos esses produtos serem ditados pelas tendências, às roupas são as que têm mais influência e são apresentadas durante desfiles, chamando atenção para as modelagens, cores e texturas, mostrando o que vai pegar na próxima estação.

4

O nosso curso de Estilo mostra como fazer pesquisas e te ensina a montar uma coleção incrível. Quer aprender?

*

Por Paola Sanguin, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 12345678910 e 11.

Manual Sigbol Fashion Dicionário da Moda e Apostila de Estilo.