Arquivo da tag: Saint Laurent

VERY, VERY BLACK!

Preto, couro e uma pitada kitsch dos anos 80 definem a primeira coleção Spring 2017 do estilista  Anthony Vaccarello para a Saint Laurent, após a saída de Hedi Slimane da direção criativa.
A transição de designers foi muito acertiva e a identidade da nova Saint Laurent foi preservada. A antiga Yves Saint Laurent era voltada para uma mulher mais madura, clássica e elegante. Now, aposta numa compradora jovem e ousada.
Vaccarello reavivou os 80’s com lamês, muito couro e mangas bufantes. O que eram aquelas transparências ousadíssimas?! Quase um topless na passarela! Tudo ultra-justo e super-curto.
Cores? Preto, preto, preto. Eis que surge um top branco (surpresa total), um tom militar em jaquetas (meio-jacquard) e uma blusa alaranjada em estampa de onça. Era necessário!
Onde está a essência do criador Yves nesta mistura? Anthony aposta em releituras do smoking, peça ícone do mestre. Lindo!

_ysl0031 _ysl0247 _ysl0333 _ysl0373 _ysl0469 _ysl0577 _ysl0671 _ysl0767 _ysl0799 _ysl0871 _ysl1077

*

Por Danilo Centemero, empresário, estilista, Visual Merchandiser e docente na Sigbol Fashion.

Referências: 1

Amy!

Prestes a completar 10 anos de existência, o álbum Back To Black da cantora Amy Winehouse nos trouxe muitos sucessos, além de mostrar sua verdadeira essência colocando-a nas paradas de sucesso; com uma mistura de soul, jazz e blues.

tumblr_lew3gsGWiy1qb3bwto1_500

No ápice da carreira Amy influenciou artistas musicalmente como Adele, porém também influenciou a moda trazendo novas visões do “velho”.

Londrina, trazia consigo a excentricidade de uma cidade que já abrigou outros ícones de moda marcantes; Gene Simons, Bob Dylan, Dee Snyder, Joey Ramone, etc.

No inicio da carreira Amy apresentava-se de forma simples para a mídia, conforme sua ascensão e o casamento conturbado com Blake sua aparência foi gradualmente transformando-se no que hoje conhecemos.

Com cabelos beehives, olhos com delineador gatinho, vestidos com silhuetas triangulares ou godês, sapatos peep toe, todas características inspiradas nas cantoras de jazz dos anos 50 e 60.

Jean Paul Gaultier em 2012 dedicou sua coleção de alta costura a cantora dando ênfase as suas características mais marcantes.

Amy refletia o que conhecemos como geração Y que ao mesmo tempo que usa a moda mainstream procura se diferenciar inspirando-se nas subculturas revivendo o passado ao seu modo deixando seus looks serem uma extensão de si.

*

Por Mayara Behlau, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1 e 2

 

 

O novo diretor criativo da Saint Laurent.

Essa semana foi confirmado quem vai assumir o cargo de diretor criativo da Saint Laurent. O belga Anthony Vasccarello será o substituto de Hedi Slimane, que nos quatro anos na marca causou grandes mudanças estéticas e de marketing. Será um desafio e tanto para qualquer estilista manter o índice de crescimento que a marca teve com Hedi Slimane.

foto 1

Foi anunciada a saída de Anthony da Versus, onde trabalhava, um dia antes do aviso sobre a SL. Este  fato gerou rumores de que ele era o nome mais indicado para o cargo. Vasccarello tem em seu trabalho estética pura e moderna, que se encaixa perfeitamente para a maison SL. Ele equilibra elementos de feminilidade provocativa e masculinidade afiada em suas silhuetas, se encaixa perfeitamente na essência do estilo de Yves Saint Laurent.

PAINEL 1

Anthony aos 36 anos, passou os últimos três como consultor e depois diretor criativo da Versus Versace. Ele também é dono de sua própria marca, que é conhecida por seus looks fetichistas e sensuais.

PANEL 2

Vaccarello também vestiu algumas celebridades como Miley Cyrus, Gisele , Grazi Massafera, Jennifer Lopez e Rihanna.

PAINE 3

Em outubro deste ano será sua primeira coleção para a Saint Laurent em Paris, na temporada de verão 2017.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referência: 1234567891011121314 e 15.

Hedi Slimane deixou a Saint Laurent.

Seus quatro anos à frente da direção criativa da Maison,Hedi Slimane não apenas mudou o nome da marca, mas também fez uma reestruturação completa.

foto 1 foto 8

Os dois últimos desfiles de Slimane para a Saint Laurent já estavam com  ares de despedida. O questionamento da suposta saída do estilista era constante e François-Henri Pinault, CEO do grupo Kering, não desmentia e nem afirmava a informação.

foto 5 foto 6

Na manhã desta sexta-feira (01/04/16), foi confirmado, Slimane realmente está deixando a Maison na qual passou os últimos quatros anos.

O francês fez muitas mudanças na grife, a mais polêmica foi a retirada do nome Yves, transformando o logo em apenas Saint Laurent, mas não para por aí, ele provou que sua fórmula era de sucesso, principalmente com o aumento das vendas crescendo gradativamente e o estilo rock’n’roll com um toque decadente, mas com glamour, conquistou fashionistas do mundo todo.

painel 1

A Saint Laurent virou estrela do street style e inspirou o fast-fashion.

foto 7 foto 8

Agora, quem será o eleito para substituí-lo e qual será seu destino? Alguns apostam no Anthony Vaccrello e que Hedi Slimane vá para Dior ou para a Maison Chanel, quando Lagerfeld deixar o posto. Agora só nos resta esperar.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação Sigbol Fashion.

Referências: 12345678910 e 11.