Arquivo da tag: pintura

Jaquetas customizadas

As jaquetas nunca saem de moda, seja de jeans ou de couro, a cada estação essa peça está repaginada, a novidade é transforma la usando a técnica de pintura, inicialmente ela apareceu com palavras com o objetivo de passar um recadinho engraçadinho.

Nas últimas coleções a arte foi inspiração para algumas marcas, a jaqueta acabou virando uma tela com desenhos super arts.

Nas ruas de Copenhague e Paris, onde recentemente aconteceram as semanas de moda, as jaquetas de nylon, jeans ou couro ganharam ilustrações bem descoladas.

Com essa moda é a oportunidade de customizar aquela jaqueta que esta esquecida no guarda roupa, escolha um artista plástico que tenha a sua identidade e tenha uma peça única. O mercado de moda oferece esse tipo de serviço, mas nada mais fashion em ter uma peça feita por você.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13 14

Creative Friday – Autorretrato

Já dizia Frida Kahlo “Vamos pintar o que conhecemos de melhor: a nós mesmos!”

E graças a essa grande artista que se representava através dos momentos árduos da sua vida surreal, também resolvemos experimentar essa sensação de nos explorar.

É como aquela pergunta que ficamos horas pra responder: Quais são as nossas qualidades? Infelizmente quando penetramos em the_girl_in_the_mirror__by_pretty_as_a_picture-670x615nosso interior, encontramos muitas angústias e valorizamos muito mais o lado obscuro do que o iluminado. Ninguém é perfeito! Mas temos de aprender a ser felizes e nos amar como somos antes dos outros nos aceitarem. Afinal, não agradamos a todos e às vezes nem a nós mesmo e acabamos nos arrependendo de algumas atitudes e ações impulsivas dos nossos sentimentos.

Mas afinal sobre a história do autorretrato, o que é esse movimento artístico?

Dá-se o nome de autorretrato, quando o artista procura descrever o seu aspecto e o seu caráter, revelando o que captou dando expressão mais profunda de si mesmo, constituindo num exercício que permite revelar traços do criador artista.Rembrandt_van_Rijn

Começou com o mestre da pintura holandesa Rembrandt (1606-1669), que pelos seus quadros, permite conhecer o percurso da sua vida, desde a juventude à velhice.

No autorretrato, os artistas procuravam se descobrir ou se expressar de várias formas, mais verdadeiras e também podiam modificar não gostando daquilo que viam em si mesmos… Muito usado na pintura, na literatura ou na escultura, nem sempre representando a imagem real da pessoa, mas sim como o artista se vê: aceita e assume, ou tenta mudar e isso depende de cada um ou momento.

Como não é um desafio fácil e que esconde alguns traços físicos ou psicológicos, resolvemos nos analisar e expressar o que somos através de memórias, gestos e gostos…

tumblr_n0vlt4xMIt1trav8xo1_500

No fundo é fácil ser feliz, difícil é ser tão simples. Porque a gente é desse jeito, criando conceito pra tudo o que restou.

Porta Retrato

Andréia Carol Eli Haranin Marjorie Paola Pri Tândara1 (2) Tândara1 Thaysself

Creative Friday – Margaret Keane

Do cativeiro às coleções de arte de todo o mundo: Margaret Keane

14179d72794209b4bc8f1df658af7896

No Creative Friday de hoje, trouxemos arte realista misturada à ilusão. Para quem nunca ouviu falar de Margaret Keane até hoje, poderá conhecer sua história a partir deste ano, quando o filme “Big Eyes”, de Tim Burton, chegar às telas.

safe_image

Nascida Peggy Doris, em Nashville, Tennessee, Margaret começou sua carreira pintando quadros com imagens de anjos com olhos gigantes (chegando até mesmo a serem desproporcionais aos seus rostos) e asas molengas, e em 1955, em uma exposição de arte de rua em São Francisco, conhece seu segundo marido, Walter Keane. Após o casamento, entretanto, o marido passa a vender os quadros de Margaret como sendo seus, e até meados dos anos 60, Keane torna-se um verdadeiro sucesso. Somente em uma de suas exposições, quando é questionada com a frase “Você também é pintora?”, Margaret descobre a farsa do marido. Confrontado, inicialmente ele convence a esposa a continuar com a farsa, sob pena de serem processados por fraude, o que lhe causaria imensos problemas visto que já havia se divorciado uma vez e tinha uma filha pequena (lembrem-se, para a década de 50, o divórcio já lhe causava grande estigma). Margaret se dispôs a ensinar Walter a pintar tal qual sua própria forma, mas, quando percebeu que não conseguiria aprender, ele revolta-se e passa a trancar a esposa cerca de 16 horas seguidas por dia, em cativeiro, sob vigilância dele e das empregadas, recorrendo inclusive, em alguns momentos, ao espancamento e violência física. Somente em 65, após 8 anos de cativeiro, Margaret consegue liberdade sob promessa de continuar produzindo pinturas para o ex marido. Casou-se novamente e, em 1970, decidiu contar a um repórter sua história, reclamando o crédito por suas telas. Mas somente em 1986, conseguiu reavê-las, quando o juiz federal responsável pelo caso simplesmente convocou os Keane, Walter e Margaret, para pintarem em frente aos jurados. Margaret finalizou seu quadro em aproximadamente 53 minutos. Walter alegou problema nos braços e recusou-se a pintar.

tumblr_nc61n1LHkZ1s3y9slo2_500

Do processo Margaret deveria ter recebido cerca de 4 milhões de dólares, cuja cor nunca viu, visto que Walter acabou morrendo na miséria, em 2000, bêbado inveterado que havia sido durante toda a vida, após torrar sem dó nem piedade todo o dinheiro que havia ganho pelos quadros da ex esposa. Margaret ainda vive na Califórnia, proprietária da Keane Eyes Gallery, onde, de sombrios, melancólicos, tristes e chorosos olhares, saem hoje grandes olhos prestes a quebrarem-se em simpáticos sorrisos.

tumblr_nc61n1LHkZ1s3y9slo1_500

painel1

Scan0004

 

Magaretkeane Olhos grandes

1 Creative friday - Margaret Keane IMG_5129 IMG_5131 IMG_5132 IMG_5133 IMG_5134 IMG_5135 IMG_5137 IMG_5138

 

20150313_091924