Arquivo da tag: Personal Stylist

Profissão de moda: Freelancer

O mercado da moda está em constante crescimento e valorizando cada vez mais o profissional completo.

modelista e o estilista, se destacam na área. Porém, ainda há outros profissionais que podem ser difíceis de encontrar – principalmente se a sua marca estiver buscando um especialista do segmento de atuação, como Personal Stylist, Produção de Moda e Styling e Visual Merchandising e Vitrine.

Muitas marcas não possuem um profissional contratado. Elas procuram esses profissionais por sazonalidade. Para esses casos, existe o freelancer de moda: um profissional que trabalha por conta própria para uma determinada marca e sob demanda. Por não ter vínculo empregatício com uma empresa, ele tem a vantagem de trabalhar para duas ou até mais empresas, o que proporciona liberdade ao profissional.

Começar a atuar neste ramo pode não ser uma tarefa tão fácil, já que esse mercado é bastante disputado e exige do profissional criatividade, organização, excelência e atualização constante. Para se destacar, crie um portfólio online, mesmo que você ainda não tenha muitos trabalhos. Também é essencial saber o valor da sua hora de trabalho.

Uma das maiores facilidades da vida de freelancer é poder fazer seu horário, o que torna muito mais simples a participação em cursos, workshops e festivais de moda.

A melhor dica é que você busque entregar um serviço completo. A apresentação de tudo é muito importante, é necessário que seu trabalho tenha sua identidade e passe segurança e profissionalismo ao seu cliente. Atendendo todas as etapas do processo produtivo da indústria da moda.

Na Sigbol Fashion, você pode encontra inúmeras opções de cursos para se especializar, desde criação, desenvolvimento e produção de moda. Saiba mais em nosso site.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9.

Moda e a Psicologia das Cores

Têm sido feitos muitos estudos quanto as cores e os efeitos que elas  transmitem em nosso cotidiano.

Resultado de imagem para personal stylist

A cor que usamos em nossas peças, podem ter bastante influência na forma como nos sentimos, nossos níveis de energia e no estado emocional em geral. Também transmite a forma como os outros nos vêem.

Resultado de imagem para personal stylist

A cor desempenha um papel crítico na formação da imagem, afetando a percepção que o outro tem do indivíduo. Além do aspecto psicológico e das mensagens que cada cor transmite, o aspecto estético também deve ser levado em conta.

Ela é o elemento na roupa de maior impacto visual, e uma má escolha, pode afetar negativamente a imagem.

 

 

 

 

 

 

Em nosso curso de Personal Stylist você aprende mais sobre psicologia das cores e muito mais. Confira:

*
Por Paola Sanguin, professora do núcleo de Desenho de Moda da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Conheça seu corpo e aprenda a valorizá-lo!

A maioria das mulheres que procuram o serviço de personal stylist tem questões com o próprio corpo.Tem alguma parte dele que não agrada (ou muitas ) e por conta disso vem a dificuldade em vestir esse corpo…

Quando alguém olha de fora (no caso um personal stylist), essas questões muitas vezes são fáceis de serem resolvidas, com as roupas e modelágens certas.

Quero falar hoje com vocês á respeito de enxergar o próprio corpo, sim , do jeitinho que ele é, com as partes que não curtimos muito (principalmente essas precisam de maior atenção) e também com as partes  que achamos lindas, porque sim ,todas temos muito mais qualidades do que “defeitinhos”.

Certa vez atendi uma cliente que estava com excesso de peso na região da barriga e “pochetes” e ela se vestia de forma totalmente inadequada,com calça super baixa (fujaaammmm de cintura baixa) e camiseta bem justinha.Claro que dessa forma ela só estava colocando em evidencia as tais “áreas problema” do corpo.

Facilmente dei as soluções: Use sempre calças de cintura média, tecido estruturado, e blusas mais soltinhas na região do abdomem.

Pra minha surpresa, ela me disse que não notara essas gordurinhas salientes e não tinha se dado conta de como realmente poderia se vestir melhor apenas usando as peças certas.E ela me confessou que por não gostar em nada do próprio corpo há muito tempo fugia do espelho…não se olhava…vestia qualquer coisa, na verdade tentava sempre se cobrir , cobrir o próprio corpo e não vestir o seu corpo…

Sei que muitas mulheres passam por isso também.Nem se olham mais,fogem do espelho…

Fugir do espelho é fugir de você mesma, de quem você é.Sei que pode ser difícil se encarar, mas é preciso se enxergar do jeitinho que você é e assim tentar descobrir formas de valorizar o corpo, porque te falo, tem jeito pra tudo , tem modelagem certa pra esconder e valorizar tudo em cada tipo de corpo.

Bora pra frente do espelho se conhecer melhor!

*

Por Andrea Muniz, professora de Personal Stylist no Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Círculo Cromático

O circulo cromático é uma representação das cores visíveis pelo olho humano através de um disco. Ele é muito utilizado nas áreas de moda, decoração, pintura, etc.

cores.

Ele nos orienta e auxilia a escolher cores baseado em uma finalidade, identificar combinações harmônicas.

Em moda, usamos ele para desenvolver coleções e também para auxiliar na combinação de cores dos looks de acordo com o tom de pele.

circulo cromaticozin

Agora você ficou com vontade de saber que cores combinam com você, não é mesmo?

Então que tal conhecer o nosso curso de Personal Stylist?

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8.

E repetir, pode?

FOTO01

Aposto que você já se questionou, em algum momento da sua vida, se usar uma mesma peça de roupa não é cafona e repetitivo, e que o mais legal (e ideal) é não repetir roupa, principalmente em eventos importantes. Já, não é? Mas a verdade é uma só, amigo(a): quando repetimos nossas roupas é que surge a criatividade no vestir. Oi? Como? Exatamente o que você leu. Quanto menos peças temos no guarda-roupa, mais diversificamos o uso e mais fácil sua vida se torna todo dia, quando precisar pensar no que vestir (levante a mão quem NUNCA acordou mais cedo – ou dormiu mais tarde – separando o que vestir para o dia seguinte! Pois é, antes estudar moda, a gente também!.

Mas então, como evitar esse branco existencial em sua vida e, de quebra, exercitar sua criatividade fashion? Segue aqui o post que a gente ensina!

FOTO02

O primeiro passo é separar tudo muito certinho: sabe aquela calça que você se prometeu que voltará a usar, mesmo que não seja mais do número correto para você há mais de três anos? Vamos circular a energia, meu bem! Se estiver em condições (não valem peças desbeiçadas caindo aos pedaços, néam? Não!), doe, passe adiante para o próximo. Não está mais? Vamos consertar (se possível) e aí sim doar ou reaproveitar para outras funções, enfim…. Com um número reduzido, mas ainda assim básico, fica mais fácil organizar o espaço e saber o que há para se usar (de verdade).

FOTO03

Em seguida, separe as partes de baixo (que chamaremos de bottoms), e tente combiná-lo com, ao menos, três partes superiores (ou tops). Acrescente depois, a cada look, acessórios ou uma terceira peça (como casaco, colete, etc). A variedade de combinações é que dará ao look cara bem diferente que as peças precisam para serem variadas. Isso também pode ser feito com peças únicas, como macacão e vestido. E é ainda mais fácil, já que esses, além de poderem ser usados completos, combinados a terceiras peças, podem também tornarem-se só bottom ou só top, e aí a imaginação é seu porto, colega!

FOTO04

E no final das contas, muita gente também se questiona se só podemos fazer isso com peças de cores neutras. Gente, não né? Se você, ao contrário de mim, não curte muito só usar peças de cores neutras (e aqui incluo também os coloridos neutros, tipo o azul marinho), combine também peças coloridas. Lógico que com um punhado de calças e saias pretas, cinzas e marrons, é muito mais fácil combinar uma blusa pink ou uma camisa azul turquesa. Mas, ei, a intenção não é também exercitar a criatividade? Então, vamos lá, coloca pra fora todo seu conhecimento adquirido sobre coloração e misturas, e reúna coragem que você consegue combinar peças coloridas ou estampadas!

Começando por usar cada vez mais tudo que você tem no guarda roupas, sua criatividade de combinar peças diferentes todas as vezes aumenta consideravelmente, fazendo com que nada mais fique abandonado no armário, e seu dindim seja mais valorizado!

*

Por Haranin Julia Maria, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 12345678910111213141516 e 17