Arquivo da tag: moulage

Moda e vestuário, qual a diferença?

Costurinha

 O vestuário na verdade é o que cobre e protege o nosso corpo. Independente do estilo ou a forma estética. O clima e os valores culturais e sociais desempenham importantes papéis na determinação da roupa. Trajes práticos como uniformes e roupas de trabalho são criados para fins de proteção e praticidade. De tempos em tempos, devido aos avanços tecnológicos da indústria têxtil ou aos conceitos, as exigências de cores, tecidos e estilo das roupas acabaram variando. Mas essas mudanças são sempre pequenas e o objetivo da roupa permanece funcional.

Raven 1 Raven 2

Já a moda é geralmente lançada duas vezes ao ano, por meio de coleções primavera/verão e outono/inverno. Governada pelas velozes e contínuas mudanças de estilo, materiais e detalhes. Em comparação à natureza básica e funcional do vestuário, o estilo reina supremo.

Moulage

A função principal da moda é oferecer ao consumidor a cada estação, a tendência atual. Os estilistas trabalham muito para se conectar ao consumidor, tanto no estético como no emocional. Temas conceituais são abordados por meio das roupas, desfiles e imprensa de moda. Buscando inspirações na história e nos trajes de época, em diferentes culturas, na política, na economia e na tecnologia. Além das coleções de moda, os designers apresentam novos penteados, comprimentos de cabelos e novos looks de maquiagem para a estação. O objetivo é se aproximar mais do cliente, para que ele se torne fiel a sua marca.

Desfile

Para abrir uma marca é necessário fazer várias pesquisas como: ponto de venda, público alvo, definir um tema e muitas outras coisas. E se você está afim de aprender, não perca tempo pra conhecer o nosso curso de Estilo. Aperte o Play e seja feliz!

Piscadinha

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

 

Referências: 1234567 e 8.

Apostila de Estilo

Livro: O que é Design de Moda? – Gurmit Matharu

Decote de Tule

Existem algumas tendências que viram febre e depois caem no esquecimento, e outras que chegam para ficar. É assim na moda!

O decote com tule veio com tudo, e criou o seu lugar cativo no coração de muitas mulheres. Devido ao seu grande sucesso nas passarelas não só do Brasil, como por exemplo, os vestidos da estilista Patrícia Bonaldi, e do mundo com os looks de Elie Saab, Zuhair Murad, dentre outros adeptos das transparências, o decote com tule é, atualmente, um dos itens mais requisitados quando o assunto é vestido de festa.

Além de criar um visual mais leve, o decote com tule, tela ou segunda pele como também é conhecido, serve de base para aplicação de bordados e pedrarias, e cria uma ilusão de que aqueles elementos estariam “colados” no corpo. É lindo para fazer um modelo com manga comprida, e também para utilizá-lo no decote das costas. O resultado é um vestido sensual, sem parecer vulgar.Untitled-1
Elie Saab:43

Zuhair Murad:5

Patrícia Bonaldi:6 (1)

Mas para quem pensa que esse luxo todo ficou só para as festas, se enganou o tule ou segunda pele como esta sendo chamado, também é muito utilizado em peças mais básicas.

A tendência da transparência apareceu no verão passado e permaneceu nesse inverno. Primeiro com tecidos bem leves e fluídos e depois com a segunda pele. Por isso separamos alguns looks inspiradores, como saias com detalhes recortados, vestidos com tecidos transparentes no ombro e até camisas.

Procure apenas usar esse detalhe no look na parte que você deseja chamar atenção, evite transparências nos lugares do corpo mais volumosos para não ser notada de forma negativa.879

Em peças mais sexys e arrojadas para as mais atrevidas.1011

Decote é sempre um problema para quem tem muito, busto por isso a transparência é um truque que se faz com tule, que se torna um grande aliado na hora de usar um decote profundo ou disfarçar imperfeições. Ele funciona como uma base de sustentação para a pele.

O que muita gente usa são as fitas adesivas de dupla face, chamadas de fashion tape, que são próprias para isso. Elas não machucam a pele e deixam o decote no lugar que quiser assim você não precisa usar sutiã. Há diversas marcas que estão à venda no mercado, vale a pena investir em uma boa marca e aproveitar essa tendência.121314

*

Por Natalina Porto, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion.

Referências:  12345678910111213 e 14.

Moulage: faça seu próprio manequim, para desenvolver esta técnica.

Moulage

Para quem não conhece a moulage é uma técnica que usa o tecido na estrutura do manequim para que a modelagem caia perfeita no corpo, esta técnica é considerada tridimensional e muito usada na alta costura. A palavra moulage vem do Francês moule que significa forma, molde e foi criada pela estilista francesa Madeleine Vionnet, mesma criadora do corte em viés. No dicionário Larousse, moulage é definida como: “moldagem; operação de tirar o molde de uma estátua”.

FOTO 2

A moulage veio para completar a modelagem. No caso da modelagem plana exige do profissional visão especial sobre o que ele esta traçando no papel. Ele precisa entender o que aquilo significa e o que representara na planificação.

FOTO 3 FOTO 4

Já a moulage é o inverso, por meio do tridimensional (que possui três dimensões altura, profundidade e largura) é uma técnica que não requer conhecimento de modelagem plana, qualquer pessoa que tenha conhecimento e visão de interpretação pode construir uma roupa através da moulage, mas é claro que se você já possui um conheciment,o de modelagem plana e passa a ser muito mais fácil entender esse método tridimensional.

FOTO 6

FOTO 5

A moulage pode ser usada como estimulo de criação, jogando uma determinada metragem de tecido sobre o manequim e assim usando a criatividade para criar. Essa técnica permite que tenhamos uma melhor visão sobre o que desejamos criar em uma peça, possibilitando ver a forma e o caimento que a peça terá no final.

imagem 7 imagem 8

Vantagens da moulage

  • 1 – Permite a melhor visão de pregas, franzidos, drapeados entre outros;
  • 2 – Permite uma melhor visão de decotes, e profuniddades;
  • 3 – Facilita a modelagem em regiões mais curvas do corpo, onde pode acabar sobrando papos;
  • 4 – Permite a criação de modelos super inovadores, surreais e conceituais;

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a moulage, e esta ansioso para começar a por em pratica suas idéias!

Que tal reproduzir um manequim do seu próprio corpo, assim você poderá fazer todos os modelos no seu tamanho.

Material:

  • Espuma ou manta acrílica;
  • Tesoura de bandagem;
  • Marcador de tecido;
  • Fita adesiva silver tape;
  • Camiseta comprida bem justa;
  • Papelão Paraná;
  • Um suporte (para deixar o manequim em pé);
  • Filme PVC.

foto 9

Vista a camiseta e cubra o decote com filme PVC.

foto 10

Passe a fita bem em baixo do busto dando a volta sobre o busto todo.

foto 11

Faça um x com a fita para dar formas aos seus seios.

foto 12 foto 13

Cubra o corpo todo com a fita com linha horizontal ate cobrir o corpo, repita de 2 a 3 vezes para dar maior estrutura ao manequim.

foto 14

Proteja bem o pescoço com o filme PVC.

foto 15

Curve o corpo para a lateral, para definir a cintura com o marcador e marque toda a circunferência.

foto 16

Com a tesoura de bandagem retrase o meio das costa e recorte.

foto 18

Remova do corpo com cuidado para não deformar.

foto 19

Cole com fita o recorte que foi feito.

foto 20

Tampe o buraco do pescoço e dos braços com a fita e papelão.

foto 21 imagem 22

Preencha o interior com espuma.

imagem 23

Recorte o papelão faça um corte em forma de cruz e cole na parte de baixo do manequim.

imagem 24

Encaixe o suporte embaixo no recorte em forma de cruz, para manter o manequim erguido.

foto 25

Agora que você aprendeu como fazer um busto com suas medidas, coloque suas idéias em ação, fazendo suas peças com a técnica de moulage.

*

Por Cynara Gomes, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion

 

Referências: 12345678910111213141516,

17181920212223242526.

‘OK, quero trabalhar com moda!’ – parte III

Foto 01 Muitos dos alunos e futuros alunos que chegaram em nossos atendimentos ao longo dos anos vem procurar justamente o curso de Estilo. É o curso que fecha a formação, por assim dizer, do futuro estilista, com a parte de ilustrações e desenhos à mão.

FOTO 02

No curso de estilo, já passamos pela fase do aprendizado básico e o início do aprendizado técnico. Agora temos a parte mais bacana de todas: descobrir de onde, como e quando vamos tirar referências e inspirações, além de tendências, para nossas coleções, e aprender a organizar, montá-las e criar sua apresentação, propriamente ditas! É neste módulo que você vai trabalhar somente criação de coleções, começando pelo book de inspirações, passando por História da Moda, estilistas nacionais e internacionais, criação de micro coleções, painéis de materiais, etc. Ou seja, todos os passos do trabalho de um designer de moda propriamente dito, dentro de uma confecção ou label. Além disso, temos aula de modelagem básica e moulage básica, e produção de uma peça de cada coleção para apresentação final.

FOTO 3

Gostaria de saber um pouco mais sobre esse curso? Segue nosso videozinho amigo:

https://www.youtube.com/watch?v=gMnfAdj3qSU

Quer se tornar estilista de alguma label, ou simplesmente abrir a sua? Então corre pra cá e venha aprender com a gente!

*

Por Haranin Julia Maria, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8