Arquivo da tag: moletom

Calça de moletom inverno 2017.

Não é de hoje que a calça de moletom saiu das academias e caiu no gosto das fashionistas com produções estilosas.

Além de confortável dá para fazer várias produções, coordenadas com peças mais casuais, com blazer e camisas.

Para tirar o ar esportivo desta peça aposte em acessórios com botas e scarpins.

Nas passarelas elas aparecem estampadas ou com faixas coloridas.

Para não errar no visual escolha uma modelagem que se adeque ao seu tipo físico. As mais soltinhas é uma boa aposta ficam ótimas para todas as silhuetas. As mais escuras alongam a silhueta.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 1314, 15, 16, 1718, 19 e 20.

O clássico Moletom.

O moletom ganhou várias versões, mangas longas, oversized, com capuz, bordado, estampado, ficou mais luxuoso. Em 2017 não faltam motivos para não usá-lo. Confortável dá pra fazer varias produções. É só escolher qual tem seu estilo.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11 e 12.

 

Vamos de moletom ou de jaqueta ?

Neste inverno a palavra-chave é conforto, para os próximos dias frios a aposta é o blusão de moletom, peça que foi muito usada nos anos 80 e 90, era praticamente o uniforme da garotada.

foto 1 foto 2 foto 3 foto 4

Neste inverno o moletom aparece over, liso ou estampado, como gola ou capuz. Ele aparece maior ou ajustado. Essa peça pode ser coordenada de várias maneiras, mais esportiva ou casual. A cartela de cores vai dos neutros ou coloridos.

12

Outra peça que entrou em cena desde estações passadas é a jaqueta bomber, ele pode ser coordenada com saias,vestidos ou calças. A aposta é em couro ou em tecidos mais leves.

foto 11 foto 12 foto 13

As jaquetas mais básicas são mais fáceis de coordenar, mas pra quem gosta de ousar aposte nas estampadas. Neste inverno ela também aparece com apliques e bordados com ares de customização, que faz toda a diferença pra quem deseja uma peça personalizada.

foto 14 foto 15 foto 16 foto 17 foto 18

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24, 2526 e 27 

ESPORTE DE BOUTIQUE

Foto 01

O shape esportivo, vem dando o ar da graça nas últimas temporadas, e continua em alta e cada vez melhor. E para completar seu look, nada melhor que um moletom pra chamar de seu!

Foto 02

A peça vem repaginada, em novas versões e com muito estilo, mostrando que pode ser moderna, leve e chique sim! Com aplicações em pedraria, bordados, brilho, metal, dourado, estampas diferentes – ele chega para ficar. Você pode até customizar o seu que já tá bem velhinho lá no fundo do seu guarda-roupa.

Foto 03

Além disso, a marca forte do moletom é o conforto e para o inverno consegue cumprir muito bem o seu papel – que é aquecer a gente!

Se você ainda não tem o seu, é bom providenciar logo. Melhor ainda, se você mesma confeccionar, porque além de escolher o tecido e a cor, ele será exclusivamente seu. Ficou com vontade?

Então dá uma olhada no nosso curso.

*

Por Haranin Julia Maria, professora de Desenho de Moda no Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12 e 13

O bom e velho moletom

Praticamente todas as pessoas no planeta já tiveram uma blusa ou um conjunto de moletom durante a vida. Essas peças existem há muito tempo, e, apesar de serem consideradas bregas dos anos 90 até alguns anos atrás, nas ultimas temporadas estão de volta.

O moletom existe desde a década de 20, usado em Nova York por trabalhadores de frigorífico (usavam para protegerem-se das temperaturas baixas). Nesta mesma época, a peça se popularizou entre os esportistas.

foto 1

Na década de 60, os universitários dos Estados Unidos ajudaram a popularizar os modelos em moletom, e, até hoje, a moda é utilitária, confortável e prática.

foto 29 Em meados da década de 70, com a ascensão da cultura do hip-hop, o moletom tornou-se marca registrada deste estilo. Em meados dos anos 80, o modelo com capuz popularizou-se entre os surfistas, rappers e skatistas.

IMAGEM1

A partir da década de 90, surgiram versões mais sofisticadas, e o moletom tornou-se artigo fashion. Nesta mesma década, grandes estilistas começaram a trabalhar com peças de moletom, e, no Brasil, o item estava super em alta entre os jovens.

IMAGEM2

Não faz muito tempo, o moletom era visto como peça muito esportiva, que deixava o visual desleixado e pouco elegante. Nas últimas temporadas, ele ganhou outra cara, e voltou para o armário de forma repaginada, em novas versões e com muito estilo, chamando a atenção das fashionistas.

IMAGEM3

Hoje o moletom pode ser chique e moderno, mas continua super confortável, perfeito para os dias frios. O moletom cinza mescla saiu do universo das peças loungewear (para ficar em casa) e saiu do guarda roupa para ganhar as ruas, seja para o dia ou para a noite.

IMAGEM5

Mas não é de hoje ,desde 2004, esta com esse o novo visual. A marca Raia de Goeye, apostou na calça de moletom com salto alto. Em 2008 Yves Saint Laurent apresentou um moletom chiquérrimo na passarela em Paris.

IMAGEM6

Em 2009, a marca Osklen apresentou uma coleção inteira confeccionada em moletom, aliado a técnica em alfaiataria.

IMAGEM7

Para o inverno 2015, o moletom confortável e quentinho, ganhou um ar luxuoso, e está de cara nova, com bordados, pedrarias, aplicações de pérolas e estampas. Os novos modelos de moletom viraram peças indispensáveis para o guarda roupa feminino.

IMAGEM8

O novo moletom pode ser usado com saia midi, reta ou godê, jeans sequinhos ou com shorts. Para as mais ousadas, os de modelagens amplas podem ser usados como minis vestidos.

IMAGEM9

Para manter seu moletom sempre com cara de novo, precisa ter alguns cuidados: Para os moletons 100% algodão, lavar manualmente com sabão neutro, não usar cloro ou algum tipo de alvejante, não deixar de molho, não misturar com outras peças para não dar bolinhas e penugens, não usar secadora (pode encolher) e passar a ferro na temperatura média. Outra dica para evitar bolinhas é guardar num cabine do lado avesso, principalmente se a peça for colorida ou preta. Para remover as bolinhas, caso apareçam, use um barbeador de lâmina descartável: cuidado para não estragar a peça, passe-o com delicadeza. No caso dos pelos ou penugens, use fita adesiva.

É necessário cuidado na secagem de peças de moletom: para não deixar marcas, pendure-as de ponta cabeça.

IMAGEM10

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 123456 e 7