Arquivo da tag: Moda

Fashion Revolution: A força positiva da moda

“O Fashion Revolution acredita no poder de transformação positiva da moda, e tem como principais objetivos  conscientizar sobre os impactos socioambientais do setor, celebrar as pessoas por trás das roupas, incentivar a transparência e fomentar a sustentabilidade”.

O movimento nasceu com a sensibilização do conselho global de profissionais da moda após o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, causando a morte de 1.134 trabalhadores da indústria de confecção e mais de 2.500 feridos, tragédia que aconteceu no dia 24 de abril de 2013.

Realizado inicialmente no dia 24 de abril, o Fashion Revolution Day ganhou força e hoje tornou-se a Fashion Revolution Week, que conta com atividades promovidas por núcleos voluntários, em mais de 100 países. No Brasil atua há cinco anos.

E com o movimento surgiu a campanha #QuemFezMinhasRoupas para aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto no mundo, em todas as fases do processo de produção e consumo.

Nada mais sustentável econômica e ambientalmente do que criar e confeccionar suas próprias roupas, aqui na Sigbol Fashion celebramos e compartilhamos cada peça feita pelos nossos alunos!

*

Por Mayara Behlau, professora no Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1

MET de Gala: Camp 2019

Se você gosta dos looks exóticos, esse post é pra você!

O baile e a exposição do Met com o título Camp: Notes on Fashion”, aconteceu nesta segunda-feira. Mas o que significa o conceito: Camp? O termo, que não tem tradução para a língua portuguesa, surgiu pela primeira vez em 1909, no Dicionário de Oxford, e está associado ao exagero, à teatralidade, à exuberância, à cultura gay, às drag queens. Mas, mais do que uma definição, falamos de uma sensibilidade. Você pode encontrar melhor a definição no livro: Notes on Camp de Susan Sontag.

Mas, voltando ao baile, todo o ano tem looks extravagantes pra gente comentar qual o mais incrível, ou o pior.  Então vamos começar com a maravilhosa Lady Gaga, que não poupou performance e desfilou quatro looks de Brandon Maxwell,  trocando de roupa em pleno tapete vermelho.

Resultado de imagem para lady gaga met gala

Como se destacar no gala mais criativo do ano e no meio de tantos artistas maravilhosos? Com efeitos especiais! Ezra Miller apareceu irreconhecível com uma maquiagem que dava ilusão de ótica. Maravilhoso!

Se Billy Porter já roubou a cena no Oscar, imagina no MET, onde chegou carregado por 6 homens, tá meu bein?!

Já a rapper Cardi B escolheu um vestido que mais parecida um edredom e roubou os holofotes para si, e precisou de bastante ajuda para se locomover.

Resultado de imagem para cardi b met

Antes de se transformar em um hambúrguer, Katy Perry utilizou um figurino de castiçal.

Katy Perry

Entre as celebridades presentes que cruzaram o red carpet, não poderíamos deixar de falar das irmãs Kylie eKendall Jenner com seus vestidos by Versace.

Kylie e Kendall Jener (Foto: Getty Images)

E por falar nisso, Kim Kardashian também roubou os holofotes com seu vestido nude.

Resultado de imagem para kim kardashian met gala

Além desses, vários outros looks extravagantes passaram pelo tapete, dá só uma olhadinha:

Resultado de imagem para met gala

Imagem relacionada

Gostou?! Deixa seu comentário pra gente.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26.

Para que serve os piques e as marcações no molde?

Marcações e piques são fundamentais em qualquer modelagem. Elas servem para definir altura e pence, marcação de bolsos e a posição de um bordado ou botão.

O pique também, tem como função indicar para quem costura o ponto exato em que ele deverá fazer a junção de costuras como, por exemplo, a altura de quadril, a marcação de barras e as laterais das peças.

E na Sigbol Fashion, você encontra uma gama de cursos voltadas para a área de modelagem. Saiba mais em nosso site.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4.

Qual a importância da alta-costura nos dias atuais?

A alta-costura é nada mais que a criação e confecção de roupas femininas sofisticadas e originais, exclusivas.

É um mercado em constante crescimento. As maisons de moda aumentam suas vendas a cada dia e clientela está se expandindo e diversificando. O que antes era considerado velha guarda, reservado apenas aos tapetes vermelhos e casamentos grandiosos, de repente tornou-se algo mais fresh e relevante para as necessidades emocionais dos consumidores. A busca pelo desejo de individualidade e autenticidade. Onde a relação entre a marca e o cliente  se destaca com a magia e a experiência de possuir uma roupa sob medida e exclusiva.

 

É onde o designer fashion pode se expressar, e a criatividade em ação une a tradição com a inovação. Hoje, novas tecnologias estão ajudando a quebrar barreiras quando se trata da alta-costura, com materiais, técnicas e abordagens inovadoras que despertam o interesse de novas audiências – incluindo os millennials.

A alta-costura também está deixando sua marca nas roupas de varejo, como por exemplo, estilistas fazendo parcerias com lojas de departamento e coleções cápsulas.

A magia da alta-costura é uma proposta sedutora – tão exclusiva que poucos de nós poderão experimentá-las. Talvez, roupas que a grande maioria das pessoas no mundo nunca verá de perto, elas nunca tocarão, nunca estarão na mesma sala que elas. É tão inspirador que é de tirar o fôlego. Manter as tradições artesanais de uma maneira nova e moderna? Não é de se espantar que a alta-costura tenha se encontrado na era do Instagram.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8.

Análise Ergonômica

Você já ouviu falar de análise ergonômica? O que é? Para que serve no mercado da moda?

Conhecido também como laudo ergonômico, trata-se de um documento essencial na avaliação (quantitativa e qualitativa) dos riscos financeiros presentes nas máquinas, equipamentos, postos de trabalho e na execução da atividade profissional.

No estudo da construção da modelagem é necessário conhecer as medidas e proporções do corpo humano. Isso porque a construção da modelagem tem relação direta com os volumes e a anatomia do corpo.

Durante a execução das modelagens é importante considerar alguns fatores primordiais como caimento, conforto, usabilidade, movimento, diferenças físicas, flexibilidade, necessidades estéticas, facilidade ao se vestir e tirar a peça. Também devem ser avaliados os recursos materiais necessários, tais como os instrumentos e as tabelas de medidas.

O bom caimento de uma peça decorrentes de uma boa modelagem são fatores decisivos no sucesso do modelista.

Em nosso curso de modelagem industrial, você aprende o processo de fabricação de roupas em larga escala. Saiba mais em nosso site.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.