Arquivo da tag: MARKETING

Níveis do Produto em Moda

Algumas estratégias de Marketing  garantem o sucesso do produto no mercado.  Com a acirrada concorrência, a busca pela diferenciação passa a ser uma chave para o sucesso das empresas.Imagem relacionadaIdentificar o diferencial competitivo dos concorrentes, e promover testes em protótipos são essenciais para idealizar a peça. Além disso, conforme as diretrizes do Marketing, podemos dimensionar os níveis dos produtos por meio das seguintes etapas:

1) Produto central: é o serviço essencial que o comprador está de fato adquirindo.

2) Produto tangível: é constituído por suas características, estilo, qualidade, marca e embalagem.

3) Produto ampliado: é o produto pronto somados os diversos serviços que o acompanham, tais como: garantia, etiqueta, entrega gratuita (se for online), etc.

Imagem relacionada

Junto a equipe de Marketing, o estilista de estar atentos aos níveis do um produto, uma vez que os clientes o categorizam de acordo com o seu nível de satisfação. Em nosso curso de Estilo, você aprende as etapas necessárias do marketing para gerenciar sua marca. Confira:

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4.

O que agrega o valor de uma peça de roupa?

Resultado de imagem para fashion

Para entender inteiramente sobre a produção de roupas e acessórios, é importante levar em consideração a matéria-prima de que são feitos.  O valor de algumas peças são extremamente altos, caríssimos, porém deve se levar em conta todo o processo produtivo. Resultado de imagem para fashion

Por trás de uma peça, encontram-se inúmeros fatores, por mais simples que seja. Deve se levar em conta o material, o design, a produção, as contas da empresa, a publicidade e o marketing, funcionários, dentre outros. Tudo isso agrega valor ao produto. É por isso que grandes marcas possuem peças com o valor acima do comum. Para entender melhor sobre o desenvolvimento de um produto de moda, em nosso curso de Estilo (Design de Moda) você aprende todo mecanismo necessário para atuar no mercado de trabalho. Confira:

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Gestão & Moda

40-Devil-Wears-Prada-Miranda-Priestly-all

A moda não é apenas criar e confeccionar roupas, é preciso ir muito mais além… Criar produtos é um desafio para qualquer profissional da área, experiente ou não, existem muitos concorrentes. Afinal, ninguém sai por aí pelado…68616eb38743b0761818705aa7a2db9e

Mas, vamos ao ponto crucial: Administração. Óbvio que sem produtos, não há o que administrar, por isso é importante que saibamos que um depende do outro.200_s

O trabalho em equipe é essencial em qualquer empresa, funciona como uma engrenagem, na qual o trabalho de um interfere no do outro, tornando todos responsáveis pelos resultados.

Em moda tudo começa a partir do processo da pesquisa e da criação e vai até o pós venda. Por isso é muito importante estudar e saber quem são os seus clientes e as melhores estratégias de venda para sua marca. Ou você surta!giphy

Em nosso curso de Estilo, você aprende bem mais do que criar uma coleção. Você aprende a montar sua própria marca! Conheça um pouquinho do nosso curso:

d1a28-90rdyb-jpg

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referência: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8.

A Dinâmica das cores

showroom_KG_23-960x640

Você sabia que as cores podem te influenciar na hora de comprar uma roupa? Não? Então nós vamos te explicar o motivo.

A harmonia das cores é um dos principais elementos de uma vitrine, possuindo diferentes efeitos. Mas antes é necessário avaliar o público que se deseja atingir, o contexto e o produto.

outono

Muitas cores levam os clientes a impulsos de compra sem que percebam, na verdade está no subconsciente junto com outros fatores como: classe social e cultural, idade e a região onde se vive, estação, etc.

tumblr_ma519gPmOU1rwwikw

Nesse quesito, é preciso tomar um cuidado para não misturar exageradamente as cores e acabar criando uma poluição visual. Se a combinação de cores gerar um desconforto visual nos consumidores, a vitrine atingirá o efeito oposto ao desejado e espantará a clientela.

Então, a melhor receita é fazer vários testes antes de colocar em prática, analise seu público e contrate sempre um profissional.

delirios-de-consumo-de-becky-bloom

Quer aprender mais sobre Visual Merchandising e Vitrine? Se inscreva em nosso Workshop e venha conhecer nosso curso:

Workshop Visual Merchandising e Vitrine

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de Criação Sigbol Fashion

Referências: Apostila de Visual Merchandising e Vitrine Sigbol Fashion, 1, 2, 3.