Arquivo da tag: malha

Tecidos de Malha

Os tecidos de malha com elastano precisam de uma atenção maior no processo de costura.

Após cortar o tecido, em fábrica, a peça deve ser costurada no menor tempo possível. Quanto mais as partes cortadas forem manuseadas, maior a tende a enrolar,  causando torção no tecido e problemas na etapa de costura dos tecidos de malha.

O profissional de costura deve evitar esticar as peças e observar a quantidade de pontos ideal. É importante realizar alguns testes em amostras.

Em nosso curso de Corte e Costura Industrial você aprende a trabalhar com os tecidos de malha de forma correta. Saiba mais em nosso site.

*

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Por Maria da Graça de Melo, professora do núcleo de modelagem da Sigbol Fashion

Qual a melhor malha para confeccionar camisetas?

  • Malha Cardada
    É feita 100% algodão. Por isso, é muito confortável. É bastante utilizada em camisetas de eventos e uniformes.

malha-penteada

  • Malha Penteada
    Também feita 100% de algodão, única diferença é que possui melhor aparência, mais macia e confortável. Por isso, tem um custo mais elevado. É bastante utilizada na produção de camisetas com estampas diferenciadas.

malha-pv

  • Malha PV (Malha Fria)
    Feita de poliéster e viscose, tem tendencia a encolher pouco, não desbota e tem grande durabilidade. Outra característica é sua maciez. Serve para confeccionar uniformes, pois pode ser lavada com maior frequência.

helanca

  • Helanca ou Cacharrel
    Seu tecido é 100% poliéster. Por seu baixo custo, é a mais utilizada em camisas de abadás, shows e eventos. Ideal para a aplicação de sublimação.

oi

  • Dry Poliéster
    Como o nome pronuncia, é feita de poliéster. É indicada para uso em práticas esportivas, pois sua estrutura permite conforto mesmo o atleta transpirando muito. Possui boa durabilidade e caimento.

liso

  • Dry Poliamida
    Feito de poliamida, é excelente para confecção de roupas esportivas. Toque leve e confortável, facilitando a movimentação, transpiração e auxiliando no rendimento do atleta.

polo-feia

  • Piquet PA (Pólo Tradicional)
    Malha tecida com 50% dos fios de algodão e 50% de poliéster. É muito utilizada para uniformes e eventos, possui melhor durabilidade e aparência, além de pouco encolhimento.

Todas as malhas são ideais para a fabricação de camisetas. Porém, cada uma tem seu espaço diferenciado no mercado. A escolha do tecido varia de acordo com o modelo que deseja produzir para seu público alvo, entre outros processos.

Em nosso curso de Desenho de Moda Básico, você aprende a identificar as fibras e monta uma pasta de tecidos MA-RA-VI-LHO-SA! Que tal conhecer um pouco do curso?

*

Por Paola Sanguin, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10.

Manual Técnico Dicionário da Moda.

TECIDOS DE MALHA E SUA COMPOSIÇÃO

Para quem tem dúvidas sobre os tecidos de malha, e não sabe ao certo qual tecido escolher para fazer determinada peça de roupa, vamos tentar entender um pouco sobre como cada malha é composta, e a partir disso você poderá escolher melhor qual se adéqua ao modelo desejado, em questão de conforto, toque, textura, etc…

ARRASTÃO

PAINEL 0

Composição: 100% poliéster.

Descrição: malha larga e aberta.

Uso: meias-calças e casacos.

SUPLEXPAINEL 1

Composição: 86% poliamida e 14% de elastano.

Descrição: tecido flexível e macio, bastante resistente e com ótimo caimento.

Uso: Roupas esportivas, blusas.

CROCHÊ

PAINEL 2

Composição: 100% poliéster.

Descrição: Malha por urdume que usa variados pontos de crochê manual.

Uso: toalha de mesa, decoração, aviamentos.

 VISCO LYCRA

PAINEL 3

Composição: 96% viscose, 4% elastano.

Descrição: Tecido liso, leve e com grande elasticidade. Tem ótimo caimento e dependendo da cor pode ser meio transparente. (use forro)

Uso: vestidos, blusas, saias e roupas de verão.

MALHA RETILÍNEA

PAINEL 4

Composição: 88% poliamida e 12% elastano.

Descrição: Tecido com formato de laçadas. Geralmente feita com fio tinto.

Uso: Gorros, casacos, luvas.

JERSEY

PAINEL 5

Composição: 100% poliéster.

Descrição: tecido de malha circular ou retilínea muito maleável e escorregadio, confeccionado em lã, seda, algodão ou fio sintético.

Uso: Lingerie, decoração, vestido

 

PIQUÊ de MALHA

PAINEL 6

Composição: 67% poliéster e 33% de viscose.

Descrição: Técnica originalmente manual que usa o tecido para fazer matelassê.

Uso: acabamento em punhos e golas, vestidos e chapéus.

MOLETOM

PAINEL 7

Composição: 75% algodão e 25% poliéster

Descrição: malha de lã, macia, quente, flanelada dos dois lados, que aliada a um processo de peluciamento oferece maior aquecimento ao corpo.

Uso: moletom, estofamento, roupas de inverno.

PLUSH

PAINEL 8

Composição: 80% algodão e 20% poliéster.

Descrição: tecido macio de algodão semelhando ao veludo.

Uso: adornos em punhos e golas, vestidos, aventais, chapéus, pantufas.

HELANCA

PAINEL 9

Composição: 100% poliamida

Descrição: tecido elástico feito com fio texturizado  de poliamida.

Uso: bermudas, calças, roupas de criança.

MEIA MALHA

PAINEL 10

Composição: 100% algodão

Descrição: tecido de simples frontura (pente) feito em máquinas circulares construído com um ligamento mais simples.

Uso: todo tipo de confecção.

 *

Por Cynara Gomes, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion.

Referências: 123456789,10111213141516171819202122 e 23.

Vamos customizar?

O que faço com a camiseta que não quero mais usar?

imagem 02

Tem um pedaço de tecido sobrando, o que dá pra fazer?

Pois é, você pode transformar uma camiseta que não usa mais em uma bolsa sacola, super útil para os dias de hoje e fácil de carregar na bolsa, caso pense em passar no mercado.

Dicas simples e práticas, até mesmo para quem não aprendeu ainda a usar a máquina de costura. Interessado? Venha conhecer o curso de Customização, e aprender essa e outras técnicas e dicas para transformar peças que não usa mais.

imagem 3

 

imagem 4

 

imagem 5

*

Por Pri Marx, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4 e 5.

Entretelas: como escolher e quando usá-las?

Uma boa entretela tem a capacidade de transformar uma peça, e isto não é nenhuma novidade. Porém fica a dúvida: qual é a melhor para cada peça?

FOTO1

A entretela é um material que, aplicado ao tecido, dá estrutura a peça, deixando-a mais encorpada. Geralmente encontram-se no mercado entretelas de algodão, TNT, viscose, lã ou malhas, finas ou grossas. É comum usá-las em colarinhos e golas, e também são muito usadas em cós de calças e saias, blazeres, ternos e revéis.

FOTO2

Costumamos classificá-las em dois grupos: as costuráveis e as fusionáveis (ou termocolantes). As entretelas costuráveis geralmente são costuradas à peça, para não alterar a característica do tecido, não possuem colas e normalmente são encontrada em TNT/papel. Já as entretelas fusionáveis (ou termocolantes), por conterem cola em uma das partes, são fixadas com ferro de passar ou prensa. Facilitam o trabalho, pois são colados ao tecido e dão maior segurança à hora de costurar. Escolha sempre uma entretela de boa qualidade: as muito ruins causam bolhas ao tecido.

 

Tipos de entretelas

Não se empolgue na hora de comprá-las, pois no mercado existem entretelas de vários tipos. É preciso ter em mente que tipo de peça vai recebê-las:

As entretelas de TNT (tecido não tecido) são encontradas com mais facilidade em armarinhos, e geralmente são muito baratas. Fáceis de aplicar, podem ser encontradas em diversas espessuras. Porém, rasgam facilmente, e não podem ser reaplicadas (caso não tenham ficado bem coladas, devem ser cortadas novamente e aplicadas na peça). Não resistem à muitas lavagens.

imagem 07

Entretelas de tecidos planos são mais encorpadas, muito similares ao tecido e podem ser encontradas em várias espessuras. Muito mais resistentes do que as de TNT, dificilmente rasgam, podendo ser reaplicadas caso a aplicação inicial não tenha ficado adequada. Suporta diversas lavagens.

imagem 08

As entretelas de malha mantém o caimento do tecido, pois são mais maleáveis. Usadas principalmente em tecidos de malha, finos ou de alfaiataria, não esticam tanto quanto as malhas, mas deixam a peça mais encorpada, e no mercado encontram-se diversas cores, até mesmo entretelas transparentes. Tem muito boa resistência a lavagens.

imagem 09

Antes de escolher uma entretela para sua peça, faça um teste e veja o resultado (após a lavagem) num pedaço de tecido de mesmo tipo do original. Cole a entretela e lave como se fosse a própria peça.

imagem 10

No próximo post falaremos de como entretelar um tecido.

*

Por Ana Paula Lopomo, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10 e 11