Arquivo da tag: lavagem

Curiosidade: Por que o Jeans encolhe?

Você sabia?

O tecido passa por processos em máquinas que esticam suas fibras, naturalmente encolhidas. Isso quer dizer que todo o vestuário está com seus fios esticados e sob tensão.

Ao modelar para  uma peça no tecido jeans (denim), devemos levar em consideração o seu encolhimento. Para descobrir o quanto  o tecido encolhe, na cartela de tecidos do fornecedor, o encolhimento trama e urdume é destacado de forma fácil para compreensão de todos os envolvidos na criação e na modelagem.

O encolhimento do tecido é realizado no setor de qualidade do fabricante do tecido seguindo normas internacionais de padrões de qualidade da indústria têxtil.

A cartela abaixo mostra como são destacadas as informações de encolhimento do tecido.

Também aconselhamos lavar o tecido antes de cortar a peça, não somente o jeans, como a maioria. Gostou da dica? Então deixa um comentário e uma sugestão pra gente. 💙

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Processo Têxtil: Jeans

A história do Jeans e os tipos de lavagens você já conhece. Mas vamos falar sobre como funciona o seu processo têxtil?

ws_Jeans_up_close_1600x1200

No princípio o jeans não era azul, ele era meio bege ou marrom-claro, até que Levi Strauss passou a utilizar em seu tingimento o índigo, ao trocar de fazenda. O Índigo é um corante azul produzido a partir de plantas, das quais se extrai o pigmento. A planta principal é a Indigofera.

indigofera

Para se produzir o denim, é preciso que ele passe por vários tipos de processamentos: Primeiro é preciso cultivar o algodão, depois a fibra do algodão é limpa com o objetivo de eliminar todas as impurezas e fiada, em seguida eles são tingidos e engomados. Para que o tingimento resista nos seguintes processos de tecelagem ele passa por um tratamento. Depois o tecido é estabilizado mediante sanforização, um tratamento térmico especial em tambores de aço. A próxima etapa é a confecção do denim. Em seguida ele já passa por outro processo de lavagem, conhecida como stone washing (pedras pomes) ou outros tipos de acabamentos os quais já citamos aqui no blog.

texturas

Foram descobertos novos materiais têxteis, e hoje o azul cedeu lugar a diversas cores. O Jeans não é mais somente fiado por algodão. O tecido passou a ser constituído por diversas fibras e novas tecnologias. Graças a novas pesquisas e a globalização você até pode tingi-lo em casa!

tumblr_nqgt8bZd5Y1qj4315o1_500

Gostou? Então fica a dica, se você quer saber mais a fundo pode assistir a um documentário sobre como funciona a fabricação do Jeans clicando aqui. E se pretende trabalhar em uma confecção de roupas, por que não fazer um curso conosco? Saiba mais em nosso site.

How-we-make-JACK-JONES-jeans-the-sewing-2000x1125_web-1999x1124

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion

Decifrando as etiquetas

Você já pensou se damos a real importância para a etiqueta de nossas roupas? Sabemos que muitos de nós nem ao menos paramos para observá-las, e, algumas vezes, inclusive as arrancamos, pensando somente no desconforto que ela pode causar, esquecendo-nos da sua real importância e finalidade. Para quem não sabe, as etiquetas contém informações importantes para lavagem, secagem e preservação de cada peça.

Por mais que se dê a atenção merecida, será que você sabe decifrar os símbolos contidos nela? Provavelmente não, e exatamente por esse motivo criamos uma lista descriminando cada um deles, que são normalmente apresentados por colunas:

A primeira coluna refere-se a LAVAGEM:

foto 1Lavagem manual ou por meio de máquinas.

 

foto 2A numeração refere-se à temperatura máxima permitida. Um traço embaixo, indica que a roupa é delicada, e deve ser lavada no ciclo suave.

foto 3
Com dois traços, indica processo muito suave e sem torção.

foto 4

Lavagem manual.

 

foto 5

Não deve ser lavado com água.

 

 

A segunda coluna refere-se ao BRANQUEAMENTO ou ALVEJAMENTO:

foto 6
Roupa que suporta alvejante com cloro.

foto 7

Utilizar alvejante sem cloro.

 

foto 8

Não alvejar.

 

 

A terceira coluna refere-se à SECAGEM:

foto 9

Permitido centrifugar.

 

foto 10

Permitido centrifugar, e o ponto central indica que a temperatura máxima é de 40ºC.

 

foto 11

Permitido centrifugar na temperatura máxima de 50ºC.

 

foto 12

Permitido centrifugar a altas temperaturas, até 77°C.

 

foto 13

Não centrifugar.

 

foto 14

Secar em varal vertical.

 

foto 15
Secar na vertical (assim como os traços) por gotejamento, ou seja, sem torção prévia da peça.

foto 16

Secar na horizontal, sem secar.

 

 

A quarta coluna refere-se à PASSAGEM:

foto 17

Passar na temperatura máxima de 110ºC.

 

foto 18

Passar na temperatura máxima de 150°C.

 

foto 19
Passar na temperatura máxima de 200°C.

 

foto 20
Não passar.

 

A quinta e última coluna refere-se à LAVAGEM A SECO:

foto 21

Lavagem à seco.

foto 22

Não permitida lavagem à seco.

 

foto 23

Lavagem a seco, e permitido uso de qualquer solvente.

foto 24

Lavagem a seco, com percloretileno

 

foto 25
Lavagem a seco com hidrocarboneto

foto 26
Limpeza a úmido, profissional.

 

Basta agora seguir as regras para manter suas roupas tão queridas por muito mais tempo em ótimo estado!

*

Por Nayara Diniz, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion.

Referências: 1