Arquivo da tag: Inverno 2015

Golas: um acessório criativo para o frio.

Que tal experimentar trocar seu cachecol por uma gola, apesar de serem bem parecidos, as golas são mais práticas, charmosas e existem modelos diferenciados como por exemplo as de dupla face.

111

Se você tiver um pouco de conhecimento de costura ou tricô facilmente saberá confeccionar a sua, elas são feitas tanto de tecido quanto de lã o material é de sua preferência, basta buscar algo quentinho. A modelagem se baseia em um retângulo, a medida é de acordo com o tamanho de seu tecido e quantas vezes quer que ele fique envolto do seu pescoço.

Imagem 3

E os homem podem e devem entrar nessa onda, sabendo usar vão obter muito charme e ainda estarão se aquecendo.

222

A forma de utilizar é bem justa ao pescoço, para realmente aquecer ou apenas para ficar mais despojado, dependendo da proposta de cada look e de acordo com o frio, podendo até cobrir cabeça e ombros.

333

Depois de tantas opções ao menos uma, se não todas, deve ter te conquistado, agora é só aproveitar sua criatividade para ficar quentinho com estilo.

*

Por Nayara Diniz, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion.

Referências: 1234567 e 8.

Gorros para aquecer sua cabeça neste inverno.

Neste inverno temos várias opções para aquecer nos dias frios, nos desfiles apareceram chapéus, boinas e gorros, que desde as estações passadas estão sendo usados tanto fixos nas peças quanto soltos (como acessório). Existem diversos modelos de gorros diversos estilos.

Para deixar o visual moderno e descolado é necessário usar o gorro de forma correta.

Aposte em cores neutras, assim fica fácil para coordenar de várias maneiras em um look informal.

1111

Gorros podem ser usados com blusas de tricôs, jaquetas jeans ou de couro, com salto ou tênis, cabelo preso ou solto, de diversas maneiras.

Ele é um acessório antigo para os dias frios, e com passar dos anos está cada vez mais estiloso, as novas tendências acrescentaram um novo visual para o gorro. Neste inverno ele aparece com detalhes lisos ou vazados, com ou sem pom pom, desenhos, cores diferentes, etc.

2222

As cores neutras como preto, branco e cinza, combinam com tudo e facilitam na hora da produção do look. Entre os vários materiais, texturas e formatos de gorros femininos, há dois modelos mais comuns, o mais justo a cabeça com a clássica barra dobrada e mais soltinho que fica caído atrás.

333

Touca e gorro podem ser definido como o mesmo acessório, tecnicamente o gorro cobre parte da cabeça e a touca cobre a cabeça toda. As próprias lojas usam os dois termos para definir esse acessório.

444

Para looks mais elegantes procure apostar em gorros em cores neutras.

Em visuais mais divertidos e criativos aposte em gorros coloridos.

A dica é apostar em looks neutros, com acessórios coloridos e vibrantes.

5555

*

Por Elizangela Gomes professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1234 e 5.

Parka Militar

Imagem 1

É uma peça que estamos vendo com frequência a alguns invernos. Originária do guarda-roupa masculino, adotada com fervor pelas mulheres, item de desejo. Mas não enlouqueça se não conseguir comprar uma neste inverno, no ano que vem ela volta!

A cada estação a parka, geralmente em tom verde militar ganha uma cara nova, mas assim como o modelo, a cor, a estampa camuflada, o spike e o strass aplicado na gola e ombros ainda estão em alta.

Imagem 2

A parka foi muito comum nos anos 50 e 60, e era usada por soldados americanos. Estes casacões pesados com bolsos fole que podem elevar uma produção à elegância foram criados para proteger os esquimós do frio polar, depois adotadas por militares americanos e na década de 60 jovens britânicos inseriram a parka na moda urbana.

 

E como não podemos deixar de pesquisar vai ai alguns estilistas que apostaram e outros que continuam apostando sem medo nesta peça super urbana.

– Desfiles

2012 Parkas prometem ser o casaco do Inverno 2012. Desfile Burberry Prorsum spring 2012 

Sem título-2

 

2013 – Prabal Gurung – Outono/Inverno 2013

imagem 4

 

2014 – Balmain Fall 2014 Ready to Wear – Inverno 2014

Imagem 5

2015 – Colcci – Inverno 2015

Imagem 6

Esta peça cheia de bolsos pode ser o casaco mais utilitário do seu closet, por ser versátil é possível usa lá o ano todo, por este motivo escolha uma peça mais clássica que vai com tudo o que você já possui no seu guarda-roupa. Ou seja, escolha peças nas cores verde militar ou bege, com poucos detalhes e brilhos, adicione estes elementos posteriormente através de acessórios e texturas.

Para dia-a-dia:

Faça uma produção simples, para ir ao cinema e encontrar os amigos.

  • Parka;
  • Bijoux mais dicretas porém, divertidas;
  • Camiseta branca ou de estampa neutra;
  • Calça jeans skinny (de preferência de padronagem escura) ou,
  • Short jeans ou,
  • Vestidos leves estampados na altura dos joelhos;
  • Sapatos Oxford ou,
  • Sapatilha ou,
  • Tênis;

Para a noite:

Transforme a cara da sua produção usando brilho nos acessórios e incluindo o salto para um look mais elegante e sensual.

  • Parka;
  • Pashminas;
  • Maxi colar, anéis e brincos com muito brilho;
  • Camisetas com estampas metalizadas;
  • Calça legging de couro ou,
  • Saias soltinhas com meia calça;
  • Scarpin ou,
  • Botas de salto ou,
  • Sandália de salto.

Dá uma olhada em algumas produções com a peça preferida do inverno e inspire-se:

Imagem 7

Esta peça também é perfeita para sobrepor calças  skinny ou legging com coturno ou sapatilha. Use sua imaginação e combine a vontade!

Sem título-1Sem título-2

*

Por Crislaine Lima, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 12345678910111213141516171819 e 20.

 

E o veludo, onde fica?

IMAGEM1Sabemos que ele já é tradicional do inverno, não é? Mas sempre em versões mais discretas, o veludo agora dá o ar da graça com o tipo que chamamos veludo molhado, aquele bem brilhante, para que nenhuma produção feita com ele passe despercebida.

IMAGEM2

Normalmente renegado a peças de moda festa de inverno, o veludo ressurge em peças casuais, como calças e jaquetas, com propostas para o dia a dia, como calças, bodies, vestidos, jaquetas, etc.

IMAGEM3

Para montar um guarda roupas de alfaiataria, aposte em calças flare de veludo combinadas a camisas de seda, blazeres combinados à calças ou vestidos, e conjuntinhos monocromáticos.

IMAGEM4Aposte também em leggings em veludo e couro ou veludo e suede, quimonos em veludo devore, saias rodadas, lápis ou longas, shorts, casacos, etc. Além de confortável, o veludo molhado é um tecido muito flexível, o que o torna confortável para movimentação do dia a dia.

IMAGEM5

Para a noite, se jogue sem medo nos vestidos quentinhos e decotados, ternos e casaquinhos que deixem o vestido em tecido leve (como seda, musselina ou crepe) mais adequado para as noites invernais.

IMAGEM6

E você, já tem sua peça de veludo? Pretende usar como peça statement ou protagonista do look? Divide com a gente nos comments.

*

Por Haranin Julia Maria, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9

E o reinado Giannini chega ao fim!

A estilista Frida Giannini ocupou o cargo de diretora criativa da Gucci desde o ano de 2006, após a saída de Tom Ford. Aos poucos, Frida foi desvinculando da marca a identidade muito sensual, principal foco do trabalho de Ford, e buscando resgatar os itens característicos da Gucci em sua essência primordial, ou seja, linhas limpas e precisas, peças muito bem cortadas, casuais e comerciais, assim como suas raízes artesanais.

Frida Giannini

 

O CEO e presidente do Kering François-Henri Pinault, conglomerado que detem os direitos da marca, afirmou que “sou verdadeiramente agradecido a ela por suas conquistas, sua criatividade e a paixão que sempre incutiu em seu trabalho”. Porém, os números do jornal “The New York Times” mostraram o contrário, apontando que as vendas da marca estagnaram e, de fato, tiveram um fraco crescimento. O desempenho da Gucci não conseguiu se igualar ao das marcas menores, pertencentes ao mesmo grupo.

Alessandro Michele

A decisão de trocar um designer em tempos difíceis de mercado é uma decisão bastante corriqueira. Isso chacoalha o estilo da marca, e tende a romper padrões de estilo que perduraram durante anos. Com a chegada de Alessandro Michele, a Gucci mostrou um Inverno 2015 masculino mais ousado, com muito romantismo e referências retrô divertidas. A coleção feminina segue a mesma proposta, e propõem peças vanguardistas que não se via nas passarelas desde a saída de Ford. Alessandro aposta na feminilidade inspirada na androginia, sem a distinção marcada dos dois gêneros, e não se prende aos super decotes, fendas e peças ultra-justas.

FOTO01

O reinado Giannini chegou ao fim, e isso refletiu nos pontos de venda da marca: filas gigantescas se formaram em frente a flagship do Shopping Iguatemi, em São Paulo, após o anúncio de que roupas e acessórios haviam entrado em liqueidação, com 50% de desconto. Os rumores apontam que o objetivo de Michele tenha sido limpar das prateleiras qualquer peça criada por Frida, exigência que fez a alegria dos fashionistas: em poucos dias, todos os produtos disponíveis haviam sumido das araras.

As apresentações de Michele certamente encheram os olhos da imprensa de moda. Mas somente a chegada, prevista para o segundo semestre, da nova coleção às lojas mostrará se o novo estilo cairá também no gosto dos fiéis clientes da marca.

*

Por Danilo Centemero, estilista, empresário, VM, vitrinista e professor de Visual Merchandising e Vitrine da Sigbol Fashion

Referência: 1