Arquivo da tag: Industria Têxtil

Tecido: Feltro

feltro flickrrr

O Feltro é um tecido-não-tecido feito de lã ou pelos de animais, cujas fibras são agregadas por calandragem, ou seja, são prensadas e passam pela compactação das fibras de lã, utilizando água e sabão. Dentre os pelos mais usados estão os de ovelha, coelho, carneiro, camelo e castor.

lãzinha

A arte de fazer feltro surgiu na Ásia e os vestígios arqueológicos mais antigos foram encontrados no Altai e datam 600 a.c, mas alguns cientistas afirmam que a fabricação de feltro já era praticada muito antes.

feltro flickrrr 2

Alguns feltros são macios e outros são resistentes a ponto de adquirir forma dos materiais.

Na indústria é utilizado no revestimento de caldeiras a vapor entre outros equipamentos.

O feltro é bastante utilizado em trabalhos artesanais. Já na moda, é usado para fabricação de chapéus, bolsas, casacos e inúmeros acessórios fashion. 

feltrinho

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion

A origem do Veludo

veludo 1

O Veludo é um tecido que apresenta em um dos lados aparência macia e brilhante, com pelos curtinhos. Ele é um dos tecidos mais antigos do mundo, foi criado na antiga Índia e foi importado durante muito tempo em países da Europa. Nos séculos XIV e XV, a Itália passou também a produzi-lo. Até o século XIX, o veludo era feito com o fio da seda.

veludo 2

Atualmente, o veludo pode ser criado a partir de uma variedade de fibras, tanto naturais, quanto  artificiais e sintéticas. Cada tipo de fibra deixa o veludo com um aspecto diferente. Mas isso já é assunto pra outro post.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6. Manual Técnico História da Moda Sigbol Fashion, Manual Técnico Dicionário Da Moda Sigbol Fashion

Tipos de lavagens do jeans

FOTO 1

O jeans era utilizado pelos mineradores devido a sua grande resistência para condições de trabalho. Nos anos 50, o tecido foi usado nas calças, que ganharam destaques em filmes da época e na música. Desde então surgiram diferentes modelagens e tipos de lavagens do jeans, de uniformes a peças populares e de luxo. Reinventando-se a cada estação nas coleções apresentadas pelas grifes. Os diferentes beneficiamentos pelos quais as peças passam durante o processo de confecção agregam valor ao produto final e podem dar um acabamento mais sofisticado à peça. Algumas roupas passam por dois ou três processos de beneficiamento diferentes para que fiquem com o resultado final esperado.

FOTO 2

Beneficiamentos
Nesta etapa, as peças passam por um ou diferentes tipos de lavagens do jeans – algumas utilizam temperaturas altíssimas – e/ou outros tipos de acabamentos. Aqui estão algumas delas:

  • Jeans Destroyed

É um tipo de lavagem realizada com produtos químicos corrosivos, deixando rasgões nas peças e buscando evidenciar o contraste do azul dos fios de urdume com o branco da trama.

  • Estonado

É uma lavagem realizada com pedras vulcânicas, leve e porosa (ex. a pedra pomes), causando no tecido ranhuras desiguais quando batidas na máquina de lavagem industrial.

  • Dust wash

É uma lavagem realizada em tecido estonado que recebe corantes acinzentados. Indicado para peças prontas.

  • Stonewashed

Solução descolorante.

  • Stone color

Retingimento do produto depois do Stone-washed em cor diferente.

  • Old Stone color

É uma nova lavagem com pedra sobre o produto retingido.

  • Bleached

É uma lavagem bem clara, feita antes da confecção da peça de vestuário, realizada com alvejantes e enzimas químicas que levam ao desbotamento integral e uniforme do jeans.

  • Délavé

É o desbotamento semelhante ao bleached, porém realizado após a roupa ter sido confeccionada.

  • Light used

Tipo de lavagem realizada com alvejantes químicos de alta densidade, provocando efeitos de desgaste e envelhecimento em jeans claros.

  •  Medium distressed

É um tipo de lavagem realizada em jeans escuro com amaciamento prévio, sendo que o tecido é lixado depois manualmente.

  • Coated

Cobertura com resina e pigmento.

  • Metalizados

Pigmento cor prata ou cor ouro.

  • Gold wash

Lavagem realizada em jeans que tenha uma base estonada média com sobretinta cáqui, dando efeito de envelhecimento. Indicado para a peça pronta.

  • Crumple

Amarrotados localizados.

  • Overdyed ou overdie

Sobretingimentos com múltiplos recursos e tonalidades diferentes de corantes, criando efeitos de sujeiras.

  • Dirty

Aspecto de sujeira, que pode ser esverdeada, violetada ou amarelada.

  • Mustache ou bigode

Desgaste frontal.

  • Printed ou hard printed

Pincelado com mensagens.

  • Sprayed

Grafite surrado com as cores de arco-íris.

  • Spotty

Manchados com pincéis ou jatos de tinta.

  • Vintage

Usados, puídos.

  • Reservas

Estampas com corrosão com decorantes com motivos.

  • Fire wash

Lavagem realizada em jeans escuro (índigo ou preto) com corantes vermelhos que produzem tons próximos aos do fogo ou aos de terras barrentas. O efeito obtém melhores resultados com peças já confeccionadas.

  • Mud wash

Lavagem realizada em jeans escuro (índigo ou preto) com sobretinta verde, algumas vezes produzindo efeito de camuflado.

  • Pre-washed

É uma lavagem realizada com a finalidade de amaciar o tecido, por meio de enzimas amaciantes de silicone. Sem acabar com a solidez do índigo, esta lavagem torna o produto agradável ao toque e uso. Não muda o tom do tecido.

  • Second hand

É uma lavagem realizada com pedras que proporcionam aspecto de roupa usada na peça, como se fosse de brechó, isto é, de “segunda mão”.

  • Snow wash

É uma lavagem realizada com respingos aleatórios de material químico corrosivo, que embranquece a peça pronta como se fossem flocos de neve.

  • Soft rigid

É uma lavagem realizada em tecido virgem, visando um leve amaciamento.

FOTO 3

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6.