Arquivo da tag: Fabric

Linho, fino!

O linho é uma fibra vegetal que vem de uma planta chamada Linum Usitatissimum. Ele chega a atingir um metro de altura.

linho (1)

Foi uma das primeiras fibras a surgir, em cerca de 5000 a.C, para a tecelagem de tecidos.  Ainda primitivamente as pessoas separavam as fibras em feixes, teciam fio a fio ou costuravam apenas para cobrir seus corpos. Era usado por culturas primitivas ao longo do rio Nilo, região conhecida como Egito antigo. Existem algumas lendas espirituais, que dizem que o linho ajuda no processo de cura.

linho (2)

Muito mais forte e resistente que o algodão, o linho tem alto poder de absorção e tingimento, porém amassa com mais facilidade.

linho fashion

Por ser um tecido leve, ele é bastante utilizado no verão. Ele nunca sai de moda! Hoje em dia há várias opções do tecido, devido a novos processos têxteis: estampados, coloridos, tem pra todos os estilos!

linho fashionr

Em nosso curso de Desenho de Moda Básico você aprende muito mais sobre tecidos e fibras, além de aprender a desenhar para desenvolver seus próprios looks. Conheça mais:

*

Por Paola Carolina Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion.

 

A origem do couro

stiched-leather

O couro é a pele curtida de origem animal. O curtimento é feito através de processo físico-químico, que transforma a matéria-prima em um material nobre, rígido, com diferentes características e que permitem diversas possibilidades de uso.

origem

Há registros que esse processo começou no Egito antigo, onde os “pergaminhos” usados na escrita e que eram feitos com peles de ovelha, cabra ou bezerro. Também há na China, registros de fabricação de objetos com couro, efetuada antes de a.C… Muitos outros povos antigos também usaram processos de curtimento do tecido.

living-room-fancy-sofa-leather-cleaner-products-leather-couch-cleaner-wipes-leather-couch-cleaning-wipes-leather-sofa-cleaner-wipes-leather-sofa-cleaner-wirral-le

Com o passar dos tempos, foram desenvolvidas diversas técnicas de produção, mudando texturas e a pigmentação. Foram também, descobertas novas formas para diminuir o abatimento de animais, como as fibras sintéticas e o couro ecológico.

fish_leather

Atualmente o couro pode ser utilizado na confecção de diversos objetos no mercado têxtil, como: sapatos, cintos, carteiras, bolsas, malas, pastas, casacos, chapéus, etc.

final

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion

Processo Têxtil: Jeans

A história do Jeans e os tipos de lavagens você já conhece. Mas vamos falar sobre como funciona o seu processo têxtil?

ws_Jeans_up_close_1600x1200

No princípio o jeans não era azul, ele era meio bege ou marrom-claro, até que Levi Strauss passou a utilizar em seu tingimento o índigo, ao trocar de fazenda. O Índigo é um corante azul produzido a partir de plantas, das quais se extrai o pigmento. A planta principal é a Indigofera.

indigofera

Para se produzir o denim, é preciso que ele passe por vários tipos de processamentos: Primeiro é preciso cultivar o algodão, depois a fibra do algodão é limpa com o objetivo de eliminar todas as impurezas e fiada, em seguida eles são tingidos e engomados. Para que o tingimento resista nos seguintes processos de tecelagem ele passa por um tratamento. Depois o tecido é estabilizado mediante sanforização, um tratamento térmico especial em tambores de aço. A próxima etapa é a confecção do denim. Em seguida ele já passa por outro processo de lavagem, conhecida como stone washing (pedras pomes) ou outros tipos de acabamentos os quais já citamos aqui no blog.

texturas

Foram descobertos novos materiais têxteis, e hoje o azul cedeu lugar a diversas cores. O Jeans não é mais somente fiado por algodão. O tecido passou a ser constituído por diversas fibras e novas tecnologias. Graças a novas pesquisas e a globalização você até pode tingi-lo em casa!

tumblr_nqgt8bZd5Y1qj4315o1_500

Gostou? Então fica a dica, se você quer saber mais a fundo pode assistir a um documentário sobre como funciona a fabricação do Jeans clicando aqui. E se pretende trabalhar em uma confecção de roupas, por que não fazer um curso conosco? Saiba mais em nosso site.

How-we-make-JACK-JONES-jeans-the-sewing-2000x1125_web-1999x1124

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16.

Manual Técnico Dicionário da Moda Sigbol Fashion

A origem do Veludo

veludo 1

O Veludo é um tecido que apresenta em um dos lados aparência macia e brilhante, com pelos curtinhos. Ele é um dos tecidos mais antigos do mundo, foi criado na antiga Índia e foi importado durante muito tempo em países da Europa. Nos séculos XIV e XV, a Itália passou também a produzi-lo. Até o século XIX, o veludo era feito com o fio da seda.

veludo 2

Atualmente, o veludo pode ser criado a partir de uma variedade de fibras, tanto naturais, quanto  artificiais e sintéticas. Cada tipo de fibra deixa o veludo com um aspecto diferente. Mas isso já é assunto pra outro post.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6. Manual Técnico História da Moda Sigbol Fashion, Manual Técnico Dicionário Da Moda Sigbol Fashion

A origem dos tecidos

15

Os tecidos estão por toda a parte, mesmo que você não perceba, no banheiro, na sala lá está ele, seja na toalha, seja no sofá… Muitas pessoas não se interessam pelas funções que os tecidos realizam em nossas vidas. E isso vai muito além da prática, como a de proteger os nossos corpos do frio, do sol e da chuva.

2

Existiram épocas em que os panos representavam o papel social e religioso. Apenas de olhar o material do qual as roupas eram feitas, que era determinado o poder aquisitivo de alguém e a classe a qual ele pertencia, até hoje notamos essa diferença.

pre

Os homens das cavernas começaram a proteger seus corpos com a pele de animais há milhares de anos e por se deteriorar rapidamente, fabricados por eles, não resistiram à passagem do tempo. Portanto, é difícil precisar quando a produção têxtil começou de fato. Porém, as agulhas eram feitas de ossos para perfurar o couro do animal utilizado.12Ao longo da História, os arqueólogos encontraram no Oriente Médio placas de argila que mostram o processo de fabricação de tecido. Mas o processo do tear surgiu mesmo no final da Idade da pedra, onde os fios eram esticados verticalmente na estrutura do tear, usando-se uma laçadeira para trançar os fios horizontais com os verticais.44Foi só durante a Revolução Industrial que os tecidos deixaram de ser fabricados artesanalmente e passaram a ser produzidos em massa por meio de máquinas.

[p
Então a partir dessas máquinas, surgiram novos processos e tecnologias. Até então ainda existem inúmeras descobertas, tudo por um mundo melhor e mais sustentável.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14.