Arquivo da tag: estilo

Cartela de cores

A gente já explicou qual a função da Cartela de Cores aqui no blog. Agora como organizar uma, é detalhe a parte.

3

Quando se trata em criar uma cartela de cor, a dica é investir em pesquisa e principalmente na intuição. Mas é necessário manter atenção na temporada: Outono/Inverno ou Primavera/Verão.

A cartela de cores também irá depender da cultura local, por isso é muito importante pensar no público alvo e o tema da coleção.

Vale acompanhar exposições, lançamentos do cinema, clipes de música, projetos de fotografia, entre outros, pode ser muito interessante para se inspirar.

untitled-1589

Uma cartela de cor não deve ser linear, ou seja, feita apenas de um tom, precisa de tons de acento e sutis. Os tons de acento são geralmente trabalhados em detalhes como estampas, recortes, aviamentos ou produtos especiais da coleção. Já os tons sutis são trabalhados em itens básicos.

Usar diferentes texturas e tecidos ao montar a cartela de cor pode ajudar a compreender as cores que você escolheu para a coleção existir. É importante que o processo seja tátil, para melhor análise.

1-1

Em nosso curso de Estilo, você aprende muito mais técnicas sobre como montar sua cartela de cores para a coleção. Dá só uma olhadinha:

*

Por Paola Sanguin, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6.

Vestido avental.

Neste verão a palavra é conforto, peças fluidas, frescas e jovens. Uma peça que apareceu nas passarelas e já foi aceita pelas blogueiras é o vestido avental, esportivo, jovem e fresco a cara do verão. Este modelo de vestido também é conhecido por penafore dress (em inglês) ou jumper.

foto-1 foto-2

O clássico vestido avental tem uma modelagem reta e sem mangas e a maioria das vezes as costas ficam amostra com apenas duas tiras de tecido que é a continuação das alças da parte da frente. Para não expor muito o corpo o ideal é coordenar com camiseta, blusa ou top cropped.

foto-3 foto-4 foto-5

Nas últimas temporadas o vestido avental sofreu algumas alterações, tanto na modelagem como na forma de usa lo.

foto-6 foto-7 foto-9 foto-10

A modelagem original deste vestido é reta, assim não evidencia as curvas das mulheres, lembrando a silhueta dos anos 60, neste verão esse estilo aparece com tons fortes e bem decotado.

foto-8 foto-11

Para as mulheres sedutoras a aposta são nos modelos modernos e cavados confeccionados em couro.

foto-12 foto-13

Com este vestido dá para fazer várias produções, para mulheres mais esportivas aposte em uma camiseta básica e um tênis super confortável para o dia a dia. Essa peça é clássica e versátil uma ótima escolha para todos os tipos físicos.

foto-14 foto-15 foto-16 foto-17

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19

Dia do Homem – Arregaçando as mangas com estilo!

imagem 1

Para os homens em certas profissões camisas sociais são essenciais, vestir uma bela camisa de mangas compridas até que é bem fácil, claro se a camisa estiver num corte, cor e modelagem que valorize seu corpo.

Agora e se você precisar dobrar a manga? Como fazer para que ela não fique um bolo de tecido volumosos sem sentido e te deixando com cara de desleixado?

Nesse post mostraremos 3 formas de dobrar sua manga e ficar com muito estilo.

1º Forma: Use a medida do punho da camisa

Forma bem tradicional e automática de virar a manga da camisa, fácil de fazer, primeiro você dobra a parte mais dura da camisa (punho) depois dobre novamente com a mesma medida.

O punho deverá ficar totalmente escondido e a manga numa medida de ¾.

imagem 2

2º Forma: Use a medida do punho 2x

Da mesma forma da primeira essa deve deixar a manga com ¾, a manga dobrada nunca pode ficar muito acima do cotovelo, senão fica meio esquisita. Para esse modelo de dobradura é indicado camisas com punho de cor diferente, pois o detalhe aparecerá. Dobre o punho da camisa 2x, depois disso dobre novamente com o cuidado de deixar a parte de cor diferente aparente, a medida é de acordo com o quanto quer que apareça, no exemplo está com cerca de 2 dedos aparecendo.

imagem 3

3º Forma: Use a medida do punho 3x

Esta forma é a única em que o punho pode ficar um pouco acima do cotovelo, você deve dobrar a medida do punho por três vezes, a cima do cotovelo o punho deverá ficar com a medida duplicada. Dobre novamente deixando a dobradura 2 dedos abaixo do punho da camisa. Depois, dobre novamente a mesma medida deixando 2 dedos do punho visíveis.

imagem 4

Por Andreia de Araújo, coordenadora do núcleo de Moda da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2 e 3

As protagonistas do mundo da moda

Já faz um tempo que o poder de decisões sobre moda não é só dos estilistas, hoje com o crescimento de blogs dando dicas de beleza, moda, viagens, entre outras coisas, fica fácil ficar antenada nas novidades.foto 1 foto 2

Tudo começou há dez anos, e a cada ano aumenta a procura por algumas personalidades que se arriscam a dar dicas para as marcas de moda . Alguns estilistas até fazem questão que as fashionistas (ou blogueiras) estejam na primeira fila. Assim a cada dia que passa, fortalecem sua imagem como garotas propagandas. Tudo o que elas usam ou dizem acaba influenciando muitas, muitas pessoas em todas as mídias.1

Nos dias atuais, elas acabam tendo um poder de influência maior do que muitas estrelas. Essas blogueiras se aproximam de um público que valoriza mais o real com uma imagem mais acessível.2

Em décadas atrás as atrizes de Hollywood é quem dominavam as capas das revistas, as campanhas e acabavam influenciando o consumidor. Hoje esse papel está nas mãos das fashionistas, blogueiras, como Garance Doré e Camila Coelho.foto 10 foto 12

A internet facilita o acesso às novidades e tudo o que acontece no mundo da moda.

Agora é fácil entender como tudo funciona e como usar essas informações ao nosso favor, tendo uma pessoa para dar sugestão ou tê-la como referência.

Pras marcas também acabou ficando mais fácil desenvolver novos produtos e aumentar as chances de aceitação pelo consumidor.foto 13 foto 14

Mas nada disso seria possível se não existisse uma legião de seguidores sedentos por novidades, essas blogueiras são fortes influenciadoras em moda, com isso se tornam de suma importância para o mercado de moda.foto 15 foto 16

Antes elas eram minoria, agora existem varias influenciadoras de moda, de todas as idades e estilos, algumas com bagagem do mundo da moda, outras apenas apaixonadas por moda, que sempre estão se atualizando sobre tudo que acontece neste mundinho fashion para ditarem novos estilos ou comportamentos de consumo.foto 17 foto 18

A influência destas garotas é tão grande que na hora de criar uma linha própria, não é necessário ter a bagagem de um estilista, basta ter o feeling para coordenar uma equipe de criação e desenvolvimento para desenvolver produtos que com certeza serão aceitos pelo consumidor, porque os mesmos se identificam com as novidades e vão querer sempre mais.3

Em 2012, a Schutz lançou uma mini coleção inspirada em algumas fashionistas, a marca reuniu as blogueiras Mica Rocha, Thássia Naves, Lele Saddi, Sophia Alckmin, Francesca Monfrinatti e Cris Tamer para uma consultoria. A marca desenvolveu produtos baseados nos estilos das blogueiras.foto 24 foto 25

Hoje o nosso poder de escolha é maior, paras as consumidores e apaixonadas por moda existem mais prós do que contras nesse novo seguimento de moda. A moda é para todos!foto 26 foto 27

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação Sigbol Fashion.

Referências:1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 30 e 31

Desenho de Moda: Precisa ter um padrão estético?

Depende, o desenho de moda não precisa necessariamente ter um padrão estético específico e sim uma proporção. Cada um possui uma habilidade para desenhar, o que diferencia o traço.

Quando olhamos para filmes, pinturas ou revistas antigas, o desenho parece ter um foco diferente. A cada época, muda-se a silhueta, a ilustração, e principalmente: as roupas.

Imagem 2

Algumas vezes, esse croqui acaba seguindo o padrão de beleza do período. Hoje em dia, não há exatamente uma regra a se seguir, pois o púlblico de moda é abrangente. Existem vários tipos de corpos, onde o desenho pode acabar tendo mais curvas, pernas alongadas, menos cintura, etc… É ótimo arriscar novas ideias!

Imagem 3

Mas antes, é necessário saber o básico: medidas, proporção, movimento, caimento, e sombra e luz. Se você tem noção da base de um croqui, depois saberá como poderá adaptá-lo às suas características.

Aqui na Sigbol Fashion, você aprende não só a base, como também as técnicas de colorir e outros aperfeiçoamentos. Tá interessado? Então conheça um pouquinho mais de cada curso:

 

*

Por Paola Sanguin, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 12345678910111213 e 14.