Arquivo da tag: desenho

Petit Cahier

Muitos alunos iniciantes ou curiosos de plantão perguntam a nós (professores) de onde vem a inspiração para criar um look ou uma coleção, ou qualquer outro tipo de comunicação visual artística.

Primeiramente saiba para quem está fazendo, o que no mundo da moda chamamos de público alvo, pode ser para um amigo, parente, pessoas que divergem da sua classe e ambiente social ou até para você mesmo.

Isto posto, rascunhe! É neste momento que o petit cahier entra em ação, o nosso pequeno caderno de inspirações, nele todo e qualquer tipo de ideia é válida, desde anotações, fotos, recortes e esboços.

O objetivo destes cadernos é de rascunhar ideias, independente de quais sejam e quão bem sejam rascunhadas. Tudo que for interessante aos olhos de quem o desenhe deve ser posto neste caderno, texturas, beleza, cores, paisagens, ambiência, etc.

Eventualmente, quando falta inspiração, o melhor local para se procurar é no seu caderno.

cf1d54c54b82c18b165ee437fdd2e73cc2f44a593a52b5f977ff6a38a70e7b9a26cacdcb6d95a86ca0700d6a220ce0e6bed06ec93fb787d88f1f4fc91e551113c197bd642fcc312de67b4f4903dcb941

Esta ferramenta não precisa ser usada somente por aqueles que fazem moda ou artes em geral, faça você o seu e comece os rabiscos, quem sabe o hobby não se torna profissão.c2508a28f6c36397cee5602eefe9e830

*

Por Mayara Behlau, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1

Creative Friday – Noh

No início do século XIV, grupos de teatro com uma diversa gama de tradições teatrais seculares faziam turnês e apresentações em templos, santuários e festivais, frequentemente com patrocínio da nobreza.

O gênero de apresentação chamado sarugaku era uma dessas tradições. Seus dramaturgos e atores transformaram o sarugaku em noh com basicamente a mesma forma em que ainda é apresentado atualmente com a introdução de  outros elementos como a música e a dança tirados de um popular espetáculo e acrescentado ao sarugaku.

O noh é a fusão de poesia, teatro, bailado, música vocal e instrumental e máscaras,  caracterizado pelo seu estilo lento, de postura ereta, rígida, de movimentos sutis, bem como pelo uso de máscaras típicas. o codificador maior dessa arte.giphy (2)giphy (1)

Desde o fim da 2ª Guerra Mundial, o noh tem dependido inteiramente do público para sua sobrevivência. Atualmente, o noh continua sendo sustentado por um reduzido mas dedicado grupo de espectadores, assim como por um considerável número de amadores que pagam pela instrução nas técnicas de canto e dança do noh. Em anos recentes, apresentações de noh em ambientes a céu aberto, à noite e sob a luz do fogo (chamadas takiginoh), têm se tornado cada vez mais populares, e há diversas apresentações do gênero durante o verão em templos Budistas, em santuários Shintoístas e em parques.giphyUntitled-1paienlsorocheybiancacris eli ju me pri san tandara
giphy (3)

DICAS DE DESENHO!

Antes de qualquer tipo de criação, o artista precisa saber com que tipo de material ele vai (ou pode) lidar!

giphy (2)

O mesmo ocorre com o estilista que antes de criar uma coleção precisa pesquisar o uso de novas tecnologias como fibras e processos de tecelagem que formam o tecido.

O tecido que é a alma e o coração de qualquer look!

giphy (1)

Sabendo com que tipo de tecido vai lidar, o estilista começa então o processo criativo, o desenvolvimento da coleção, os croquis ♥.

E para que o croqui possa condizer com o resultado esperado é preciso observar o caimento do tecido escolhido sob o corpo humano.

A Equipe Sigbol te dá algumas dicas e uma grade de cursos profissionalizantes de desenho e estilismo.

  • Antes de começar a sombrear, faça um estudo de luz e sombra, onde estão posicionados os focos e sua respectiva intensidade.1 - percepção de luz e sombra, observação

 

  • Feito isso, comece a fazer o degradê (gradualmente do claro ao escuro/ do escuro ao claro)1.3 - degradê

 

  • E tenha controle sob sua coordenação motora, caso haja algum stress ou desfoco momentâneo faça exercícios de coordenação!1.2 - controle

 

  • Observe a quantidade de “dobras”, franzidos e drapeados. Suas profundidades (sombra) e saliências (luz).2 - dobras 2.1 - caimento

 

  • Antes de vestir, certifique-se de que a anatomia do movimento (movimento é o nome dado ao croqui ainda sem as vestes) corresponde ao gênero escolhido e que todas as suas partes estejam proporcionais.3 - anatomia adequada
  • Use sempre que possível uma base para observação de movimentos (uma foto de revista, um boneco articulado) assim a anatomia não fica a desejar!

5 - a importãncia da proporção do movimento

 

  • Ao vestir o tecido escolhido sendo ele de caimento mole ou seco deve seguir as curvas do corpo.5.1 - movimento em movimento

 

  • Isto posto, existem variados instrumentos que poderão facilitar o sombreado do caimento.4.0 - esfumar 4 - esfuminho

 

  • E para que não haja sujeira inesperada no seu croqui use uma folha abaixo da mão de apoio.4.1 - sujeira

 

Gostou das dicas?

Tenha um acompanhamento profissional e muitos mais conselhos e dicas sobre o mundo da moda aqui na Sigbol Fashion!

*

Por Mayara Behlau, professora no Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1

Vamos brincar de paper dolls?

Olá !
Vocês são muito novinhos, mas a um tempinho atrás sua mãe e avós se divertiam horrores recortando e brincando com bonequinhas de papel, as paper -dolls!

imag 1paper-doll
Percebam que as roupinhas vem com umas bordinhas de papel,que servem pra você vestir a bonequinha.
Mas o fato é que essa história de paper dolls ainda existe nos dias de hoje!
As bonequinhas de hoje são mais modernas, e em sua maioria são personagens de desenhos animados e etc.

img 2 ariel-paperdoll-style

E sabem o que é mais legal de tudo? Vocês, Pequenos Estilistas ,que tem habilidades com desenho podem fazer as suas próprias bonequinhas e criar uma coleção incrível de roupinhas super fashion! Quando era pequena adorava fazer as minhas paper-dolls, com um montão de roupinhas.

A dica é usar cartolina ou papel cartão para as bonequinhas, já as roupinhas podem ser em papel sulfite ou couchê(aquele que parece papel de revista).

Vou deixar por aqui um molde bem bacana pra quem quiser se aventurar:

imag3Chanel-Haute-Couture-2010-Paper-Doll-1paperdollsdotted

*

Por, Andrea Muniz professora da Sigbol Fashion.

Referências: 12 e http://www.gloriouscolor.com/weblog/?p=739