Arquivo da tag: bordadeira

Estilistas e o carnaval: já bordou sua fantasia hoje?

FOTO1

Festa que literalmente interdita o país, o Carnaval, para muito além de marchinhas, folia e muito samba, também nos traz uma quantidade razoável de… emprego! Sim, caro leitor! Você não leu errado, não! Emprego sim, e voltado para a indústria da moda. Nunca pensou que pudesse trabalhar para escolas de samba? Pois deveria…

FOTO2

A cada ano, milhares de fantasias saem dos barracões das escolas de samba, destinadas à população em geral (que ajuda a manter cheias as alas temáticas) e aos freqüentadores que já fazem parte da escola, anualmente. Além destas, também as fantasias dos passistas, mestres sala e porta bandeiras, destaques de carros alegóricos e madrinhas e rainhas de baterias, totalizando uma infinidade de fantasias que são produzidas por profissionais qualificados. Além destes, também as fantasias mais caras e mais elaboradas (consideradas muito, muito importantes para a escola) costumam ser feitas em ateliês, fora do barracão, encabeçadas por estilistas responsáveis desde sua concepção, até sua conclusão e entrega.

foto3

Nesse meio tempo, somente em uma fantasia pode-se utilizar mais de 90 mil pedrarias e cristais, peças que totalizam, entre custo e lucro, até R$ 150.000,00 (cento e cinqüenta mil reais). Um dos maiores produtores de fantasias luxuosas para a festa é o estilista Walério Araújo, que veste desde madrinhas de bateria de alto nível (como Sabrina Sato, Mariana Rios, etc) até muitos dos convidados do baile anual da Vogue, e, pasmem, já atendeu clientes no mesmo dia da festa, desesperadas por suas máscaras, adornos de cabeça ou qualquer fantasia que, porventura, tenha sobrado em seu ateliê!

FOTO4

Somente na parte de produção do próprio barracão, as grandes escolas mantém de 25 a 30 costureiras, além de bordadeiras, figurinistas, aderecistas, etc. Ou seja, um nicho de mercado grande e ainda não excessivamente explorado pelo setor.

Que tal começar agora mesmo a produzir seu currículo para escolas de samba? Prefere trabalhar com espaço próprio? Comece já a produzir suas fantasias para venda! Corre que ainda há tempo hein…

*

por Haranin Julia Maria, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12 e 13

Tipos de máquinas e suas funções.

Você conhece bem todas as máquinas e sabe quais as funções de cada uma delas?

Então confira aqui com a gente. Você vai entender tudinho!!

Máquina caseira: Útil para iniciantes pois possui vários recursos, como caseado, zig zag, pontos decorativos, acabamentos, etc. De fácil manuseio, com muitos acessórios que hoje em dia, no mercado, facilitam a vida de quem a usa, como calcadores para zíper invisível, nervura, para patch work, franzido, entre outros.

tipos-de-maquinas-de-costura-domestica

Portátil, pode ser carregada com facilidade. Muitas delas têm o braço livre que facilita a colocação de mangas e acabamentos como punho e barras de calça. E ainda tem um custo benefício mais em conta.

 

Máquina reta industrial: Mais robusta, para grandes quantidades de peças e por isso exige um espaço maior. Por ser mais rápida, pode ser utilizada para materiais mais pesados como o couro, jeans, lona. Também com uma grande variedade de aparelhos e acessórios desde calcadores à aparelhos de viés, vivo, colocadores de elástico, etc.

maquina reta industrial

Por ser uma máquina reta e industrial só faz um tipo de ponto: o reto, que exige a utilização de outras máquinas para acabamentos em geral, como a overloque ou a galoneira.

 

Overloque Industrial: Máquina para acabamento em tecidos planos e fechamento de tecidos de malha. Máquina diferente da reta industrial, que exige o uso de três a quatro linhas para a formação da corrente. Exige um espaço maior e por ser industrial precisa de um local fixo.

Overloque Industrial

 

Overloque caseira: Tem a mesma função, mas por ser caseira torna-se portátil podendo ser transportada com maior facilidade.

Overloque caseira

  • Para melhorar o desempenho da máquina use fios e linhas siliconizados, a venda no mercado.

 

Galoneira Industrial/ Caseira:

GALONEIRA

Máquina utilizada para fazer acabamento em malha (barras simples, galão e trançador). Utilizada também na fabricação de lingerie para rebater elásticos, colocar viés, vivo e etc. São utilizadas duas linhas e um fio, e de uma a três agulhas, dependendo do acabamento que se quer ter.

galoneira ponto

 

Pespontadeira: Máquina industrial com a finalidade de fazer o pesponto de jeans e outros tecidos pesados. Possui de duas a três agulhas. Esse tipo de máquina é utilizada para acelerar o processo de produção em grandes empresas, principalmente na fabricação de jeans. E no setor automotivo, em bancos de carros, por exemplo.

pespontadeira

 

Fechadeira: Finalidade de fechar cós, laterais de roupas, ombros. Automaticamente faz a dobra do cós e da lateral diminuindo a necessidade do uso da overloque.

Fechadeira

Interloque: Um tipo de overloque com três agulhas que faz a costura reta e overloque ao mesmo tempo, diminuindo a necessidade do uso da overloque, acelerando o processo de produção.

Interloque

Muito usada no fechamento de calça jeans, camisaria e algumas produções de malharia.

 

Travete: Máquina robusta que tem como finalidade fazer travas em pontos específicos onde há maior tensão como bolsos, passantes, laterais, zíper.

travete-eletronica-leve

 Caseadeira: Máquina industrial que faz casas de várias espessuras e tamanhos.

Caseadeira

Bordadeira Caseira/ Industrial: Máquina computadorizada com variados programas para produzir bordados em alto ou em baixo relevo. Geralmente utiliza-se várias cores de linhas dependendo do estilo do bordado.

Bordadeira Industrial

 

 

*

Por Natalina Porto da Silva – Professora do núcleo de modelagem da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 1011 e 12