Arquivo da tag: arte

Arte e Moda

A arte e a moda são combinações perfeitas, não é de hoje que esta parceira da super certo, tudo começou com a vanguardista Elsa Schiaparelli, em pleno anos 30 a estilista apaixonada pela arte surrealista fez uma parceria com Salvador Dali e desenvolveu peças maravilhosas que até hoje são sua marca registrada.

Este ano a marca Vans fez a mesma parceria com o Museu Van Gogh, de Amsterdã, permitindo que a arte e a moda streetwear circule pelas ruas, a coleção é composta por camisetas, casacos,bonés, tênis e mochilas, as telas que estampam essas peças foram as que marcaram a carreira do pintor holandês Vincent Van Gogh, que foi considerado um dos mestres do pós-impressionismo.

O direto do museu Adriaan Donszelmann, declarou que a colaboração com a Vans é uma oportunidade de apresentar a obra de Van Gogh ao publico jovem. O objetivo da coleção é permitir o acesso ao maior número possível de pessoas a obra de Vincent Van Gogh e inspirá-las.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, e 7

Por que desenhar rosto no croqui?

Ao desenharmos um croqui de moda, geralmente pensamos já na roupa, tecidos, costuras e bordados e aplicações. Para um esboço rápido, funciona, porém se sua ilustração for para uma apresentação, portfólio ou trabalho, saiba que o rosto é a melhor opção para dar personalidade ao seu croqui.

O seu desenho ganha vida! Além de traços únicos que remetem o conceito a sua proposta. Maquiagem, cabelo e expressões faciais dizem muito sobre o desenho e sobre seu estilo. Seja ele romântico, punk ou tradicional.

Se você possui dificuldades em desenhar rosto e outros detalhes, a Sigbol Fashion possui os melhores cursos de desenho de moda! Pra você aprender ou se especializar na área. Saiba mais:

*

Por Paola Carolina Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6.

A moda e a arte se misturam

A arte se fez presente na moda desde os anos 30, quando Elsa Schiaparelli resolveu inovar fazendo uma parceria com salvador Dali, onde desenvolveu uma estampa maravilhosa de uma lagosta em um vestido branco. Dai em diante outros criadores começaram a usar a arte como mais uma referência de criação.

Foi o que aconteceu no SPFW44, a marca Osklen desenvolveu uma coleção inspirada na artista plástica Tarsila do Amaral. Em cada look sua obra está presente, sendo representada em estampas que vão de rabiscos a ilustrações

Suas peças parecem quadros em movimento, com modelagens desestruturadas e assimétrica os tecidos fluidos deixam o look leve.

Os acessórios do desfile também carregam o toque Tarsila do Amaral.

As cores vibrantes nas obras também marcaram presença na coleção.

*
Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 12, 13, 14, 15 e 16

Creative Friday – Afrodite

O Creative Friday de hoje é diferentão e chegou pra abalar seu coração.

tumblr_llff5brint1qz6yoi

Força, sensibilidade e protuberância. Independente das circunstâncias.

tumblr_n8liyhdnqo1s0t8mao1_500

Entre o céu e a terra presidindo aos amores de humanos e divinos.

O doce da ternura e o aroma da paixão, vemos em seus olhos beleza e o poder de sedução.

tumblr_m9cw81obo11qgye8mo1_500

Afrodite a deusa do amor, da beleza corporal e do sexo da mitologia grega está aqui. Apenas deixe a sensação fluir…

painelblog

th foto-3 foto-3creative-001 foto-1 foto-2

?b

tumblr_n8kaf68oav1rsadwno1_500

O Brasil é inspiração para a coleção Cruise 2017 da Louis Vuitton.

Nicolas Ghesquière usou como inspiração um Brasil que vai além de beleza natural e da sensualidade, para a coleção Cruise 2017 da Louis Vuitton reuniu futebol, samba e praia, mas com uma mistura bem interessante, também usou como inspiração a arquitetura de Niemeyer, após visitas a Niterói, Brasília e São Paulo.

Untitled-1

A arte brasileira, os esportes como asa delta e parapente foram o foco da coleção, aparecem nas cores e nos recortes das peças vazadas. Provavelmente não tirou os olhos do céu do Rio de Janeiro e do surfe, que também marcou presença nos sapatos em neoprene, material muito usado pelo estilista. Ele também usou a assimetria desconstruída de Hélio Oiticica e a arquitetura de ondulações orgânicas de Niemeyer,

o estilista misturou seu próprio traço aerodinâmico, que aparecem nos grafismos das estampas das bolsas, item clássico da maison. Também fez uma homenagem a Pelé do cearense Aldemir Martins, mais uma das referências evidente da coleção, junto com Oiticia.

Untitled-12

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23 e 24