Arquivo da tag: arquiteture

Você é um(a) gótico(a) suave?

Em tempos difíceis como o que estamos vivendo, com crises econômicas e ambientais, conflitos religiosos, intolerância e desigualdade, o preto sempre ressurge como tendência em forma de luto e reclusão ao caos.

“Para confrontar os maiores medos da sociedade, incorporamos a escuridão.” Tal ideologia é adepta de várias subculturas, em sua maioria a punk e sua vertente que mais caracteriza o look total black, o gótico.

Os góticos propriamente ditos (que usam o preto e outros elementos como estilo e não como tendência), são apreciadores da arquitetura e das artes produzidas na Idade Média, da literatura entre os séculos 18 e 19 e da música que traz em suas letras e ritmo o grotesco e a densidade do macabro.painel1

Derivações desta vertente surgiram recentemente, fazendo emergir das redes sociais um “subestilo”, o pastel goth, este acrescentando as características já existentes elementos designados kawaii (expressão muito usada no Japão, pelos jovens, adeptos da cultura pop que qualifica algo como infantil e fofo).

painel2

As características citadas acima fazem parte de vertentes e/de subculturas que as usam como estilo de vida.

O termo “gótico suave” surgiu com a aparição da cantora Lorde no mundo e mídia pop, a qual segue um estilo de looks sóbrios de cores escuras e modelagens amplas, que a destoa dos outros jovens e artistas, isso não significa que a mesma SEJA gótica.tumblr_ng16qo8Q2m1rlt5o0o1_500

Isso mostra como a moda e a música sempre andaram juntas, isso ocorre principalmente quando uma tendência precisa ser vendida e aceita pela massa (grande público), neste caso o preto! E para que isso aconteça artistas mostram essas tais tendências em forma de estilo, como um produto com apelo de novidade e isso muitas vezes leva a um retrocesso ao amenizar a essência de estilo de vida de um grupo de pessoas (como suavizar o gótico para que este seja mais aceito)

*

Por Mayara Behlau, professora no Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1 e 2

Creative Friday – “estampas” urbanas

Que tal usar a paisagem urbana como estampa?4

É isso que o ilustrador Shamekh Bluwi usa em seus desenhos de moda! Seus croquis são reproduções e criações próprias que carregam em cada traço delicado o talento desse artista.

 

Shamekh também é arquiteto, isso nos dá base para entender 3a junção das duas artes. Com ajuda de um estilete, corta a parte interior das peças no papel. Depois, é só apontar para uma paisagem bacana e pronto: prédios, ruas e paredes viram estampas que ao longo do dia ou da noite nos proporciona uma variação de cores incrível!

 

E essa semana a Sigbol se aventurou nessa novidade. ♥

Cada professora com a sua paisagem !

painel

aliii elii

cris1 cris2

andie1 Andreia carol2 carol3 haranin may paola pri1 pri2 taliyaIMG_20150807_142705805