Arquivo da tag: anos 50

Creative Friday – Alceu Penna

O Creative Friday de hoje prestará homenagem a um ícone entre as décadas de 30 e 60. Alceu Penna!

Alceu de Paula Penna (Curvelo, MG, 1915 - Rio de Janeiro, RJ, 1980). Desenhista, ilustrador, figurinista. Com seu traço singular, influenciou o comportamento, a imprensa, o design, a publicidade e a moda brasileira. Alceu renovou vestidos de Carmen Miranda, vestiu Marta Rocha e lançou Millôr Fernandes na imprensa, tornou-se o primeiro brasileiro a publicar charges na revista americana Esquire. Alceu Penna foi ainda um dos pioneiros das histórias em quadrinhos no Brasil.:

Desenhista, ilustrador e figurinista, ele se tornou um dos grandes nomes da história da moda brasileira, muito por conta do veículo que o tornou famoso, a revista “O Cruzeiro”, que publicou suas ilustrações.

As “Garotas” de Alceu ganharam tanto de destaque que começaram a sair do papel para se tornarem humanas, já que seus croquis eram copiados pelas jovens da época, que levavam suas ilustrações para as costureiras reproduzirem.

As moças desejavam ser uma das tais “Garotas” e os rapazes sonhavam em se casar com uma delas. Em conjunto com sua colaboração para a moda brasileira, o ilustrador abriu espaço para uma nova figura feminina emergir.

Alceu Penna

Creative 001?

foto 1 foto 2 foto 3

Sem título

Thais

A Saia Godê

FOTO 01Depois de séculos usando apenas vestidos, as mulheres começaram a renovar seus guarda roupas, e surgiram então as saias, em vários estilos e modelagens (como as godês, plissadas, pregueadas, franzidas, etc.).

foto 3

Popularizada por Christian Dior, nos anos 50, o modelo godê é caracterizado por se tratar de uma saia bem rodada, com cintura alta, que, à época, tinha o comprimento na altura da panturrilha, e costumava ser usado com várias anáguas, para aumentar o volume ainda mais.

foto 4

É uma saia muito volumosa e, como tal, favorece muito as silhuetas mais estreitas. Também disfarça os quadris mais largos, pois, ao marcar bem a cintura, a peça se apresenta solta no caimento.

FOTO 02
A modelagem godê é bem feminina, e permanece na moda sempre com releituras e inovações conforme a época: detalhes em renda, aplicações no cós, laços, etc. O modelo pode ser usado em várias ocasiões, como reuniões, festas e passeios casuais. foto 7

É muito popular também em caracterizações para festas com tema dos Anos 60.

FOTO 03

Para confeccionar a peça, gasta-se muito tecido (o modelo é muito volumoso e necessita de um bom caimento). Em contrapartida, vale destacar que essa é uma das peças mais fáceis de serem modeladas. Existem dois tipos de godê: a simples, que é composta de meio círculo, e a guarda-chuva ou dupla, que é composta por um círculo completo.

foto 10

Vamos aprender a modelar uma godê simples?

Primeiro divida a medida da sua cintura por 3. (exemplo, 74 cm dividido por 3 = 24 cm). A partir da ponta do papel, coloque a medida encontrada, formando um círculo como se fosse um compasso.

foto 11

Depois, seguindo a linha, coloque o comprimento, acompanhando a curvatura e formando outro circulo.

foto 13

Para o cós, faça um retângulo com a medida total da cintura e o dobro da largura desejada. (Exemplo, 74 cm de comprimento por 8 cm de largura, que dobrado resultará em um cós de 4 cm)

foto 14

A modelagem está pronta. Agora é só posicionar no tecido dobrado para cortar!

FOTO 04

Depois de  cortada, ela terá apenas uma abertura.

foto 17

E depois de costurada, está pronta para balançar por ai!

foto 18

Temos aqui também um vídeo da nossa série “Mãos Que Fazem”, ensinando a montar uma godê com pala, passo a  passo. Acompanhem aí:

https://www.youtube.com/watch?v=oXUWbFbfcFs

*

Por Marjorie Campos, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion

Referência: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10