Especialização no mercado da Moda

Para acompanhar o ritmo cada vez mais acelerado do lançamento de coleções e atender um consumidor que tem aumentado seu nível de exigência, a indústria da Moda precisa se reinventar.

O investimento em tecnologia ajuda a tornar os processos mais assertivos e inteligentes é uma necessidade urgente das empresas de todos os setores. No entanto, de nada adianta ter sistemas e equipamentos de última geração se os profissionais de Moda não estiverem preparados. O mercado, vem evoluindo ao longo dos anos, mas ainda carece de mão de obra qualificada.

Uma das principais mudanças é que agora são valorizados os profissionais que conseguem enxergar o negócio como um todo, e não apenas a função que eles desempenham no dia a dia das empresas em que atuam.

A integração entre os diversos setores de uma empresa, ajuda nos processos e melhora a produtividade das equipes, impactando positivamente o resultado das confecções.

A Sigbol Fashion contribui para entregar a essa indústria, profissionais preparados para atender às exigências de um mundo cada vez mais conectado. Com o objetivo de acelerar a inovação desse mercado.

Se você deseja se aprofundar na área, nossos cursos oferecem a capacitação para atuar em diversos campos da indústria da moda. saiba mais em nosso site.

*

Por Elizangela Gomes, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Como fazer um croqui de moda?

Se você tem como objetivo aprender a conseguir representar suas criações, o nosso curso de Desenho de Moda básico oferece todas as noções de anatomia, movimentos, luz e sombra, caimentos de tecido, tecnologia têxtil, e muito mais…

O nosso método de ensino individualizado e aulas 100% práticas, você aprenderá a desenhar croquis masculinos, femininos e infantis com várias posições e variações de rostos, cabelos e movimentos.

Uma forma prática e evolutiva, melhorando a cada aula o seu traço. O curso de desenho de moda habilita para o trabalho em indústria de confecção feminina, masculina e infantil como assistente de estilo, assistente de figurinista, ilustrador e desenhista de lojas.

*

Por Paola Sanguin, núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Tipos de modelagem mais utilizados em lingerie

A moda íntima tem sua delicadeza a complexidade específicas, que envolve moldes, tecidos e aviamentos. Existem diversos tipos de modelos de sutiãs, porém, alguns se destacam no mercado.

Aqui vai algumas dicas:

Modelagem para bustos separados

Características: Decotes mais fechados, frente mais alta, recorte ou aro no bojo, reforço lateral.

Modelagem para pequenos bustos

Modelo menina/moça

Características: Meia taça com aro no bojo, decote em “V” aberto, tipo lenço com franzidos.

Modelo lenço

Características: Abaixo do busto, alças e laterais finas, sutiã com decotes bem abertos.

 

Modelagem para bustos caídos

Características: neste caso, a peça de moda íntima deve ter reforço na parte inferior do bojo, alças largas e firmes. Abaixo do bojo deve ser bem resistente e largo.

Modelagem para bustos grandes

Modelagem para bustos grandes

Características: Alças largas, laterais largas, modelagem pré-moldada, reforço abaixo do busto.

Sutiãs para esportes

Características: Para evitar flacidez, recomenda-se peças que acomodem bem o busto, sem pressioná-los ou apertar o tórax. Eles devem ter alças confortáveis que não tirem a liberdade de movimentos dos braços desta peça de moda íntima. Hoje em dia existem vários modelos de tops para a ocasião.

 

Sutiãs para gestação e amamentação

Características: O busto no período de gestação aumenta de tamanho e necessita de uma modelagem confortável, que não pressione o busto. A modelagem deve se adaptar ao tamanho do busto, oferecendo boa sustentação. Na fase de amamentação, o importante é a praticidade, deixando a mama livre, mas sem deixar o busto relaxado.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Como garantir a qualidade da modelagem na empresa?

Para garantir a qualidade da modelagem, é necessário que haja conhecimentos específicos. Não só nesta área, como em todas as fases do processo do trabalho.

Aqui vai algumas dicas que devem ser adotadas:

Uso de tabela de medidas;

Interpretação de modelo corretamente.

Marcar o sentido do fio em toda a extensão do molde.

Utilizar os piques internos e externos, para que isso facilite a confecção da peça.

Marcar a posição do molde com uma seta.

Anotar todas as informações numa única região do molde para facilitar a leitura.

Se você tem interesse em se especializar neste nicho do mercado de trabalho, aqui na Sigbol, temos diversos cursos voltados para a área. Saiba mais em nosso site.

*

Por Paola Sanguin, professora do núcleo de criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.

Vamos falar sobre gradação de moldes?

A gradação ou ampliação regular de moldes, é um processo que, a partir do tamanho base de uma modelagem, faz-se outros tamanhos de uma peça. É super importante na profissão de modelista de roupas.

Existem vários métodos para graduar, cada um com seus valores. Existe o processo manual, e o digital.  Onde é utilizado o sistema de CAD, utilizando coordenadas cartesianas. Com ele você pode ajustar a largura, altura do corpo, etc.

Em nosso curso de Operador de CAD, você aprende a ampliar e reduzir as modelagens, assim como fazer os encaixes necessários nelas. As aulas práticas e teóricas capacitam você a modelar saias, blusas, vestidos, macacões e calças, entre outras peças. Saiba mais em nosso site.

*

Por Vilma Arantes, professora do núcleo de modelagem da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5.