História da moda em filmes – Edição Idade Moderna – Rococó

O amante da Rainha (2012-2013) Alicia Vikander,Mikkel Boe Folsgaord e Mads Mikkelsen. . Retrata a indumentária do séc XVIII.

o amante da rainha - 2013

Maria Antonieta  (Sophia Coppola 2007)  Kirsten Dunst, Janon Schwartzman e Judy Davis. . Retrata a indumentária do séc XVIII.

maria_antonieta_cd

Ligações Perigosas (   Stephen Frears 1988) Glen Glose, John Malkovichi e Michelle Pfeiffer. . Retrata a indumentária do séc XVIII.

LIGAÇÕES PERIGOSAS

Madame de Pompadour (2006) Sophia Myler. Retrata a indumentária do séc XVIII.

madame pompadour

A Duquesa ( Saul Dibb 2008) Keira Knightley,Ralph Fiennes, Charlotte Rampling , Dominic Cooper e Atweli. Retrata a indumentária do séc XVIII.

A Duquesa

*

Por Elizangela Gomes – Professora de moda da Sigbol Fashion

Referencia: 1, 2, 3 e 4.

Novidades da costura

Aviamentos

Maxi Botões que foram vistos nos desfiles de Marc Jacobs e Louis Vuitton, podem ser encontrados na loja Karissa moda e aviamento. Eles também estão sendo muito usados em golas falsas.

1

Calcadores

Esse calcador é usado para prender pérolas na máquina overloque da marca Brother. Abaixo está o modo de usar e como colocar o calcador no overloque.

Ele prende fiadas de pérolas ou contas na orla do tecido. Pode ser utilizado

para fios de pérolas ou contas de 3 a 4 mm.

1. Recolha a faca da máquina.

2. Ajuste a definição da máquina para ponto de orlar de 3 linhas, comprimento do ponto de

acordo com o tamanho da pérola, largura do ponto de 3 mm a 5 mm e ajuste a tensão.

3. Dobre o tecido.

4. Alinhe a orla do tecido com a guia existente na frente do calcador.

5. Ajuste a guia de modo que a agulha desça na posição de 1 a 1,5 mm da orla

dobrada.

6. Coloque os fios de pérolas/contas no túnel e cosa

2

Aviamentos

Zíperes usados em toda a extensão dos vestidos, além de novidades deixam a roupa com outra cara, que podem ser encontrados em metro ou pelo tamanho da peça.

3

Aparelhos para máquinas

Transforme sua máquina de costura caseira em um overloque! Com um sistema de navalhas acoplado no calcador, sua máquina irá cortar lateralmente o tecido enquanto costura utilizando o ponto tipo overloque.

4

*

Por Andréia Araujo – Núcleo de modelagem da Sigbol Fashion

Saúde X Padrões estéticos

Saúde X Padrões estéticos

1

E com o verão chegando, sabemos que muita gente passará suas férias em lugares quentes, como as praias. E ai começa o desespero para alcançar um “corpo ideal” para aquele biquíni.  Bom, sabemos que muitas garotas/mulheres são capazes de muitas maluquices para alcançarem seus objetivos estéticos, que ficam cegas e ignoram o quanto alguns desses procedimentos prejudicam sua saúde.

2

No mundo da moda é comum as mulheres buscarem o “corpo ideal” e assim agregam doenças sérias como bulimia e anorexia, que são responsáveis por uma internação a cada três dias em São Paulo.

3

A bulimia e a anorexia são transtornos alimentares cujas causas geralmente são problemas de ansiedade, busca inconsequente pela perfeição, medo de ganhar peso e baixa autoestima.

4

A bulimia faz com que a pessoa exagere na alimentação, comendo mais que uma pessoa normal conseguiria e depois a pessoa cria um sentimento de culpa por comer excessivamente e cria diversos métodos não saudáveis para perder o peso, como o uso de laxantes, diuréticos, vômitos autoinduzidos e exercícios em excesso. Pessoas com bulimia geralmente têm peso normal, mas se enxergam com excesso de peso.

5

Geralmente quem tem bulimia também sofre com anorexia. A anorexia provoca a perda de peso em pessoas que não aceitam ter o peso certo e saudável de acordo com sua altura. As pessoas que sofrem dessa doença também têm medo intensivo de engordar, mesmo estando abaixo do peso ideal. E assim, se tornam escravos da doença e criam diversos tipos de dietas para conseguirem atingir o peso desejado.

6

Ícones da moda que conquistaram a admiração de muitos, valorizavam mais suas atitudes e a forma vaidosa e saudável que cuidavam de si, sem ser doentias pelos padrões impostos pela sociedade. Só eram elas mesmas e aceitavam o corpo que tinham e assim cativavam diferentes tipos de pessoas.

Não queremos dar lição de moral em ninguém, mas não custa lembrar que com dedicação e uma dieta balanceada é possível alcançar seus objetivos sem prejudicar a sua saúde.

*

Por Cibelle Magalhães – Assistente do núcleo de moda da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17 e 18.

História da moda em filmes – Edição Idade Moderna – Renascimento

Roupas talhadas (vazadas), ornamentos em fios de ouro, golas imponentes, armações estruturadas e mulheres nas alturas com os sapatos chapins traduzem a moda extravagante do Renascimento . E são fortes referências para o desenvolvimento de novas ideias em estamparia ou ricos detalhes no vestuário.

Idade Moderna – Renascimento

Rainha Margot.  (1994) Isabelle Adjani, Daniel Auteuil, retrata a indumentária do século XVI.

rainha margot

Elizabeth (1998) Cate Blanchett, retrata a indumentária do século XVI.

elizabeth

Elizabeth A Era de Ouro (2007) Cate Blanchett, retrata a indumentária do século XVI.

Elizabeth a era de ouro

A Outra (2008)  Scarlett Johansson, Natalie Portman, Eric Bana, retrata a indumentária do século XVI.

a outra

*

Por Elizangela Gomes – Professora de moda da Sigbol Fashion

Referencia: 1, 2 e 3.

Retrô X Vintage

 Você sabe qual a diferença entre eles? Muitas pessoas ficam em dúvida quando o assunto é este. Você é uma delas? Então vem com a gente.

retro x vintage

Retro: Vem do prefixo em latim retro, que significa “tempos passado” ou até mesmo “andar para trás”. Na moda, o retro é chamado de Fashion Retro ou New Old (Novo Velho). Opa! Agora sim… Chegamos ao termo que vai diferenciá-lo do vintage. O estilo retro consiste na produção do vestuário atual, porém com referências do que era produzido antigamente, ou seja, roupas que são feitas hoje parecem antigas.

Retrô

Vintage: Na moda, esse termo em geral, passou a ter o sentido de “algo antigo e bom”, “um clássico”, e é literalmente isso. Se você tiver algo antigo que sua avó usava, mas ainda encontra-se em boas condições de uso, essa peça é considerada vintage, ou seja, aquilo que é velho ainda pode ser reutilizado.

Vintage

Perceberam a diferença? Apesar de ainda serem muito parecidos, é sempre bom saber certinho do que estamos falando.

*

Por Giovanna Santos Jatubá – Estagiária do núcleo de modelagem da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4 e 5.