Saúde X Padrões estéticos

Saúde X Padrões estéticos

1

E com o verão chegando, sabemos que muita gente passará suas férias em lugares quentes, como as praias. E ai começa o desespero para alcançar um “corpo ideal” para aquele biquíni.  Bom, sabemos que muitas garotas/mulheres são capazes de muitas maluquices para alcançarem seus objetivos estéticos, que ficam cegas e ignoram o quanto alguns desses procedimentos prejudicam sua saúde.

2

No mundo da moda é comum as mulheres buscarem o “corpo ideal” e assim agregam doenças sérias como bulimia e anorexia, que são responsáveis por uma internação a cada três dias em São Paulo.

3

A bulimia e a anorexia são transtornos alimentares cujas causas geralmente são problemas de ansiedade, busca inconsequente pela perfeição, medo de ganhar peso e baixa autoestima.

4

A bulimia faz com que a pessoa exagere na alimentação, comendo mais que uma pessoa normal conseguiria e depois a pessoa cria um sentimento de culpa por comer excessivamente e cria diversos métodos não saudáveis para perder o peso, como o uso de laxantes, diuréticos, vômitos autoinduzidos e exercícios em excesso. Pessoas com bulimia geralmente têm peso normal, mas se enxergam com excesso de peso.

5

Geralmente quem tem bulimia também sofre com anorexia. A anorexia provoca a perda de peso em pessoas que não aceitam ter o peso certo e saudável de acordo com sua altura. As pessoas que sofrem dessa doença também têm medo intensivo de engordar, mesmo estando abaixo do peso ideal. E assim, se tornam escravos da doença e criam diversos tipos de dietas para conseguirem atingir o peso desejado.

6

Ícones da moda que conquistaram a admiração de muitos, valorizavam mais suas atitudes e a forma vaidosa e saudável que cuidavam de si, sem ser doentias pelos padrões impostos pela sociedade. Só eram elas mesmas e aceitavam o corpo que tinham e assim cativavam diferentes tipos de pessoas.

Não queremos dar lição de moral em ninguém, mas não custa lembrar que com dedicação e uma dieta balanceada é possível alcançar seus objetivos sem prejudicar a sua saúde.

*

Por Cibelle Magalhães – Assistente do núcleo de moda da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17 e 18.

História da moda em filmes – Edição Idade Moderna – Renascimento

Roupas talhadas (vazadas), ornamentos em fios de ouro, golas imponentes, armações estruturadas e mulheres nas alturas com os sapatos chapins traduzem a moda extravagante do Renascimento . E são fortes referências para o desenvolvimento de novas ideias em estamparia ou ricos detalhes no vestuário.

Idade Moderna – Renascimento

Rainha Margot.  (1994) Isabelle Adjani, Daniel Auteuil, retrata a indumentária do século XVI.

rainha margot

Elizabeth (1998) Cate Blanchett, retrata a indumentária do século XVI.

elizabeth

Elizabeth A Era de Ouro (2007) Cate Blanchett, retrata a indumentária do século XVI.

Elizabeth a era de ouro

A Outra (2008)  Scarlett Johansson, Natalie Portman, Eric Bana, retrata a indumentária do século XVI.

a outra

*

Por Elizangela Gomes – Professora de moda da Sigbol Fashion

Referencia: 1, 2 e 3.

Retrô X Vintage

 Você sabe qual a diferença entre eles? Muitas pessoas ficam em dúvida quando o assunto é este. Você é uma delas? Então vem com a gente.

retro x vintage

Retro: Vem do prefixo em latim retro, que significa “tempos passado” ou até mesmo “andar para trás”. Na moda, o retro é chamado de Fashion Retro ou New Old (Novo Velho). Opa! Agora sim… Chegamos ao termo que vai diferenciá-lo do vintage. O estilo retro consiste na produção do vestuário atual, porém com referências do que era produzido antigamente, ou seja, roupas que são feitas hoje parecem antigas.

Retrô

Vintage: Na moda, esse termo em geral, passou a ter o sentido de “algo antigo e bom”, “um clássico”, e é literalmente isso. Se você tiver algo antigo que sua avó usava, mas ainda encontra-se em boas condições de uso, essa peça é considerada vintage, ou seja, aquilo que é velho ainda pode ser reutilizado.

Vintage

Perceberam a diferença? Apesar de ainda serem muito parecidos, é sempre bom saber certinho do que estamos falando.

*

Por Giovanna Santos Jatubá – Estagiária do núcleo de modelagem da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4 e 5.

Novo programa – Curso de Customização

A Sigbol Fashion está com muitas novidades!!! Além das palestras que acontecerão nesse mês, uma delas com o nosso Coordenador de cursos Dudu Bertholini e outra com um dos nomes mais influentes no mundo da moda, Paulo Borges.
Mais uma novidade é o nosso novo programa do curso de Customização, que acabou de sair do forno com muuuitas novidades incríveis!!!
Nesse curso são ensinadas 28 técnicas de customização utilizando diversos tipos de materiais. Venha estudar com a gente!!!

 

História da moda em filmes – Edição Idade Média

Amores proibidos, armaduras imponentes, chapéus pontiagudos e tecidos suntuosos traduzem um pouca da  Idade Média , fonte rica de inspirações para  grandes criadores . Confira abaixo filmes que marcaram época e até hoje são referências para novos produtos.

Idade Média

Joana D’Arc  (1999) Milla Jovovic , retrata a indumentária de 1429.

Joana-D’Arc

Lancelot  – O Primeiro Cavaleiro (1995) Sean Connery, Richard Gere, Julia Ormond, retrata a indumentária do século XV.

lancelot

As Brumas de Avalon (2001) Anjelica Huston, Julianna Margulies, Joan Allen, Samantha Mathis e Michael Vartan, retrata a indumentária do século XV.

as brumas de avalon

Rei Arthur (2004)Clive Owen, Keira Knightley, Ioan Gruffudd, Stephen Dillane, Stellan Skarsgård, retrata a indumentária do século XV.

Rei_Arthur

Tristão & Isolda (2006) James Franco e Sophia Myles, retrata a indumentária do século XV.

tristão e Isolda

*

Por Elizangela Gomes – Professora de moda da Sigbol Fashion

Referencias: 1, 2, 3, 4 e 5.