Arquivo da categoria: Curiosidades

Pra quem estuda moda ou quer aprender e descobrir as curiosidades desse mundo: Histórias, Tecidos e novidades tecnológicas da indústria.

Inverno 2017 Jaqueta Bomber.

Neste inverno não só os casacos podem fazer parte do seu guarda-roupa, como já vimos aqui a jaqueta bomber continua e caiu nas graças das fashionistas. Os modelos que mais aparecem são os de couro que são clássicas uma ótima opção para manter no guarda-roupa.

Na passarela as bombers aparecem com patches e bordados exagerados, para obter mais produções no dia a dia aposte em modelos lisos e com pouco detalhes.

Essa peça pode ser usada de várias maneiras, com calças sequinhas, shorts ou saias.

A cartela de cor está bem variada, tons de marrons, preto e branco, colorida ou em tons adocicados (tons de rosa).

A bomber também aparece em tecidos acetinados, nylon e veludo.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22 e 23.

O inventor da fita métrica.

E uma tira de medição não elástica e flexível, muito usada na confecção de pecas sob medida pelas costureiras. No Brasil tem 150 cm, em outros países como Europa e Inglaterra as fitas têm como medições, polegadas.

O seu inventor Alexis Lavigne, alfaiate pessoal da Imperatriz Eugenia, criou um busto com medidas pessoais da Imperatriz, já que a mesma não gostava de tirar medidas, logo depois Alexis foi quem inventou a fita métrica, só não virou padrão por conta das diferenças dos corpos entre indivíduos das diversas etnias.

Mas na verdade não usamos a fita métrica somente para tirar medidas, quando precisamos medir algum móvel para ver se ele encaixa em algum cantinho, a fita sempre está ali para nos ajudar, e ate mesmo para fazer uma cortina, sempre damos um jeitinho não e verdade?

E quando queríamos ver o quanto nossos filhos haviam crescidos, la estava ela a fita métrica. Mesmo antes de iniciarmos no mundo da costura a fita métrica já fazia parte do nosso “dia a dia”.

*

Por Ana Paula Lopomo, professora do Núcleo de Modelagem da Sigbol Fashion.

Referências: 12, 3 e 4.

Vai dar vermelho neste inverno 2017

Na última edição do SPFW, os tons de vermelho invadiram as passarelas para o próximo inverno.

As combinações vão do rosa aos tons escuros de vermelho, mas vale a pena apostar num look monocromático para os dias frios.

Esta cor quente também pode ser coordenada com preto, cinza ou uma peça multicolorida.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2 e 3

Roupas que crescem junto com as crianças!

O desenvolvimento do corpo de bebês e crianças é muito rápido, roupas se tornarem pequenas rapidamente é comum de acontecer.

Vigga estabeleceu um modelo de negócio para uma economia circular na indústria têxtil que salvou mais de 5,4 milhões de litros de água, através do compartilhamento de roupas infantis.

 

*

Por Mayara Behlau, professora no Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1 e 2

Gorro, aqueça a cabeça.

Os famosos gorros saem das pistas de skate para aquecer a cabeça das mulheres que não abrem mão de um acessório estiloso.

Tem para todos os estilos, com apliques , bordados e coloridos.

Para não errar na produção aposte nos tons neutros.

Neste inverno a aposta também são nos tons de marrom.

*

Por Elizangela Gomes, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion.

Referências: 1, 2, 3, 4, 5 e 6