Caveirismo, de onde vem?

Tanto no submundo alternativo entre os góticos e os punks, quanto na moda mainstream (o fast fashion que veste a massa dominante) as caveiras estão presentes em estampas corridas ou localizadas, em acessórios e tatuagens, cada uma significando algo (ou não) para quem a carrega no corpo ou na pele.

Celebrações como Dia de Los Muertos no México, o Halloween  nos Estados Unidos e até mesmo o Zombie Walk utilizam essa estética mais sombria cheia de caveirismos.

E não tão diferente de nós aqui do Continente Americano,  a tribo Omo Masalai em Nova Guiné também faz suas celebrações em um festival denominado Sing Sing onde os membros pintam seus rostos e corpos com desenhos e formas que nos remetem à passagem entre a vida e a morte.

PNG Bird of Paradise feathers story - Jungles Pic: Copyright Timothy Allen. IT IS FORBIDDEN TO REPRODUCE THIS IMAGE IN ANY MEDIA WITHOUT WRITTEN PERMISSION. BBC Human Planet

Nota-se a semelhança e a impressionante estética entre tal ritual e o cenário alternativo ocidental.

Ao contrário do que muitos pensam os primórdios de tal estética no mundo fashion deu-se a partir da moda mainstream, com aparição de Elsa Schiaparelli juntamente com Salvador Dalí na década de 20. Foi precisamente em 1938 na coleção denominada Circus que ambos criaram o vestido esqueleto dando início a peças inspiradas em caveiras durante o século XX.Untitled-1

Com o decorrer dos anos essa tendência se renovou em desfiles de designers renomados como Alexander Mcqueen, Christian Lacroix, Iris Van Herper, Alexandre Herchcovitch, etc.

Untitled-2a1d7971b4988578dd35672b0ab19dd73Untitled-3

S„o Paulo, Brasil ñ 21/01/2010 - Desfile de Alexandre Herchcovitch Masculino durante o S„o Paulo Fashion Week - Inverno 2010. Foto: Marcelo Soubhia / Ag. Fotosite

Nas subculturas e seus representantes musicais, a estética se faz presente na forma mais questionadora e impressionante possível.

84695-all-glory-to-Papa-Emeritus-II-C4ZD tumblr_mddsozQXYG1rti4kro1_500 tumblr_n2peh9Gqdx1rdmvxuo2_250

 

*

Por Mayara Behlau, professora do Núcleo de Criação da Sigbol Fashion

Referências: 1, 2, 3, 4 5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s