Saiba um pouco mais sobre o curso de Visual Merchandising & Vitrine

O Visual Merchandising nasceu na década de 1840 com o surgimento das grandes lojas de departamento. O fenômeno começou na França, e ficou restrito à capital, Paris, por um tempo. Em 1852, Le Bon Marchê abriu sua primeira loja. A partir daí, o VM se difundiu para os Estados Unidos e se firmou como técnica imprescindível para alavancar as vendas e atrair clientes para dentro do ponto de venda.

Presenciamos, a partir de 1852, o surgimento das primeiras vitrines cenográficas, o que culminou com o aparecimento da tecnologia para produzir grandes vidraças. As vitrines eram verdadeiros cenários – muitas vezes, até bem teatrais.

O Visual Merchandising hoje é aplicado em diversos setores do mercado, lojas de moda e acessórios (enfoque do curso Visual Merchandising e vitrine da Sigbol), centros de estética, cabeleireiro, barbearia, floricultura, supermercado etc. O objetivo é atrair o cliente para dentro do ponto de venda com uma vitrine esteticamente convidativa. Algumas técnicas são empregadas e geram um excelente resultado, por exemplo, escolher 2 ou 3 cores apenas e compor todos os looks dos manequins.

foto 1

Pode-se dispor os produtos em desníveis, aguçando o olhar do cliente em observar todo o contexto da vitrine

foto 2

ou utilizar a repetição de um mesmo elemento para produzir uma cenografia de fácil compreensão e impactante. Neste caso, cilindros com acabamento metalizado.

foto 3

Uma vez que o cliente está dentro do PDV, o intuito é aproximar ao máximo o produto do cliente, direcionar sua atenção, facilitar sua locomoção dentro da loja. De maneira geral, proporcionar ao cliente uma experiência agradável e positiva. O design da loja, também chamado de atmosfera de compra, deve ser adequado ao público-alvo e ao produto comercializado.

Aprenda estas técnicas e muitas outras no curso de Visual Merchandising & Vitrine para o Varejo de Moda da Sigbol.

Atualmente, no Brasil, vemos o VM ganhando força em lojas de todos os portes, das maiores às pequenas. Todas têm um grande objetivo em comum ao contratar profissionais de VM para cuidar do ponto de venda: o de alavancar suas vendas.

*

Por Danilo Centemero – Professor de Visual Merchandising e Vitrine da Sigbol Fashion

Referências: 1.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s